Luana Rolim, 1ª vereadora com síndrome de Down do país toma posse

Há pouco mais de uma semana no cargo, a 1ª vereadora com síndrome de Down, no Brasil, diz que está realizando um sonho, ao exercer o mandato. Luana Rolim de Moura, 26 anos, tomou posse no dia 15 de março, na cidade de Santo Ângelo, no Rio Grande do Sul.

Vereadora pelo partido dos Progressistas, Luana assumiu o lugar do vereador Nivaldo Langer de Moura, titular da bancada do PP que estava afastado por motivo de saúde. Ela já era conhecida por ser a 1ª fisioterapeuta portadora da síndrome no país.

Luana destaca que a posse é um marco histórico e lembra que sempre gostou de política e alimentava o sonho desde criança de concorrer a vereadora para poder promover acessibilidade para todos, além de implementar políticas públicas para pessoas com deficiência, atendimento preferencial, empregabilidade e programas de educação profissional.

“Quero ser a representante da pessoa com deficiência para que tenham voz e vez. Lutar contra o preconceito e pela inclusão”, afirmou.

Devido à pandemia, os trabalhos no Legislativo ocorrem de forma remota. A posse foi por videoconferência. A família registrou o momento em uma foto, na qual a vereadora aparece usando uma camiseta em que pede respeito a pessoas com Down.

Luana no momento da posse como vereadoraArquivo Pessoal

“UMA EMOÇÃO E UMA ALEGRIA MUITO GRANDE AO PRONUNCIAR A PALAVRA PROMETO

Esta foi a 1ª vez que Luana concorreu ao cargo de vereadora. Ela fez 633 votos e ficou como 1ª suplente.

A jovem afirma ter interesse em se eleger como vereadora nas próximas eleições, fazer um ótimo trabalho junto a comunidade e a Câmara Municipal, e com a experiência alcançar projetos mais altos. “Continuar sempre, desistir jamais. O céu é o limite”, disse.

A jovem conta com ajuda e apoio dos pais e amigos, e pretende conciliar a carreira de fisioterapeuta com a de vereadora. Disse que luta para que os pais que possuam filhos portadores da síndrome não os escondam em casa. Querem que eles tenham mais amor a seus filhos.

Para o presidente da Câmara de Santo Ângelo, Nader Hassan Awad (PSD), a posse representa “uma vitória da democracia, com uma visão de inclusão e inserção social.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: