21 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata do Metrô voltam a operar normalmente após fim da greve

A operação nas Linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha e 15-Prata do Metrô foi retomada integralmente na tarde desta sexta-feira (24).

O retorno ocorreu de forma gradual. Às 12h50 todas as estações já tinham sido reabertas.

Por volta das 9h40, o sindicato anunciou o encerramento da grave, após a categoria aceitar proposta do governo de pagamento do abono salarial.

A paralisação entrou no segundo dia nesta manhã. Por volta das 7h, o Metrô acionou o plano de contingência e algumas linhas operaram parcialmente.

Com a volta da operação, o serviço Expresso Linha 10, que circula entre as estações Santo André e Tamanduateí, terá a operação retomada às 16h.

Rodizio municipal

rodízio de veículos permanece suspenso, mas a Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição ao Fretamento (ZMRF) seguem valendo.

O governo de São Paulo e a Prefeitura de São Paulo deram ponto facultativo aos servidores públicos.

Ônibus

A SPTrans prolongou 2 linhas e reforço a frota de outras 13 que atendem o eixo das linhas do Metrô.

Linhas prolongadas

  • 209T/10 Metrô Tucuruvi – Praça do Correio (circular)
  • 209A/10 Metrô Santana – Praça do Correio (circular)

Linhas reforçadas

  • 175T/10 Metrô Santana – Metrô Jabaquara
  • 175P/10 Metrô Santana – Ana Rosa
  • 2104/10 Metrô Santana – Term. Pq. D. Pedro II
  • 5290/10 Div. de Diadema – Term. Pq. D. Pedro II
  • 5106/10 Jd. Selma – Largo São Francisco
  • 574A/10 Americanópolis – Largo do Cambuci
  • 118C/10 Jd. Pery Alto – Metrô Santa Cecília
  • 9300/10 Term. Casa Verde – Term. Pq. D. Pedro II
  • 107T/10 Metrô Tucuruvi – Term. Pinheiros
  • 208V/10 Term. A.E. Carvalho – Term. Pq. D. Pedro II
  • 1177/10 Term. A.E. Carvalho – Luz
  • 233A/10 Jd. Helena – Term. Vila Carrão
  • 4310/10 ET Itaquera – Term. Pq. D. Pedro II

Linhas alteradas

A linha 178Y/10 Vila Amélia – Metrô Jardim São Paulo foi prolongada até o Metrô Santana, onde há mais opções de linhas de ônibus municipais para a integração.

As linhas 5022/10 Vila Santa Margarida – Jabaquara, 5018/10 Shopping Interlagos – Jabaquara e 5018/31 Shopping Interlagos – Jabaquara deverão operar em sistema circular no Metrô Jabaquara.

Greve envolve pagamento de abono

O Sindicato dos Metroviários faz a paralisação para exigir o pagamento de abonos salariais de Participação nos Resultados de 2020, 2021 e 2022, revogação de demissões por aposentadoria e outros desligamentos ocorridos em 2019, fim das terceirizações e a abertura de concurso público.

1º dia teve trânsito recorde e funcionamento parcial

O primeiro dia de greve dos metroviários fez São Paulo teve trânsito recorde para a manhã, preços exorbitantes em viagens por aplicativo, ônibus e CPTM lotados. Como a paralisação foi definida no fim da quarta-feira (23), muito passageiros reclamaram que foram pegos de surpresa.

A operação do Metrô ficou totalmente suspensa durante quase todo o dia. Entre o final da tarde e as 20h, houve operação parcial nas linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha e, segundo a companhia, transportou 90 mil passageiros.

Pela manhã, por volta de 8h30, o Metrô chegou a anunciar que aceitava, pela primeira vez na história, conceder a liberação das catracas para que a greve fosse encerrada, e condicionou a medida ao retorno de 100% dos funcionários da operação e manutenção.

No entanto, ao mesmo temo, a companhia foi à Justiça para tentar acabar com a greve e, por volta das 10h, a Justiça do Trabalho vetou a liberação das catracas. O sindicato dos metroviários, então, decidiu manter a greve, e o Metrô foi multado pela Justiça por conduta antissindical por ter impedido que os funcionários grevistas operassem linhas sem cobrança de passagem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *