fbpx

Limpa São Gonçalo: campanha já percorreu mais de 320 estabelecimentos comerciais

Equipes seguem trabalho de conscientização sobre descarte de lixo e horários de coleta

Iniciada no último dia 2 deste mês, a campanha Limpa São Gonçalo segue sendo realizada no município. Trata-se de trabalho de conscientização, com foco na população e nos comerciantes da cidade para que o descarte do lixo seja feito de forma correta, contribuindo para uma cidade mais limpa e organizada.

Somente nesta sexta-feira (10), mais de 70 estabelecimentos no Centro de São Gonçalo foram visitados pelas agentes da Campanha Limpa São Gonçalo. Desde o início da ação, mais 320 estabelecimentos comerciais foram visitados pela equipe.

O trabalho de conscientização foi realizado com os motoristas, que receberam material informativo sobre descarte de lixo e uma lixeira para automóvel, para evitar que o lixo seja jogado pela janela do veículo.

O trabalho pela conscientização da população também é feito de porta em porta. Durante as visitas, os comerciantes são notificados sobre horários e dias de coleta de lixo na região onde estão instalados. Os comerciantes também informam a quantidade média de lixo produzida diariamente pelo estabelecimento.

Mesmo recente, a campanha vem tendo boa receptividade com o público.

“Essa campanha é muito boa! Uma cidade que se preze precisa ser limpa. Infelizmente, muitas pessoas ainda não têm essa consciência e chegam até mesmo a destruir as lixeiras que são colocadas nos postes”, disse Evaldo Souza, de 61 anos, dono de um bazar há 15 anos na Rua Coronel Moreira César.

“Estou gostando bastante desse tipo de campanha, está me surpreendendo. Infelizmente muitas pessoas não têm a educação de jogar o lixo no local certo. Por várias vezes as pessoas entram na loja, pegam a sacola que colocamos o produto e, na porta da loja, jogam a sacola no chão”, disse a vendedora Rosana Pereira, de 48 anos.

Campanha – A ação será dividida em duas etapas. Na primeira, que deve durar cerca de três meses, as equipes da Prefeitura vão atuar de forma educativa, com o intuito de conscientizar a população. Na segunda etapa, que se dará em caráter permanente, os infratores que insistirem na prática ilegal serão punidos em operações de repressão ao descarte irregular e lixões clandestinos pelas equipes de fiscalização. As multas diárias podem ultrapassar o valor de R$ 500,00.

As equipes de fiscalização vão criar rondas, mapear a cidade e atuar nos pontos mais críticos. As infrações serão registradas com fotos, vídeos e relatórios. Locais da cidade normalmente utilizados para descarte irregular de lixo serão limpos e emplacados, alertando para a proibição de despejo de detritos. Caçambas estão sendo instaladas em áreas comerciais no Centro da cidade e em Alcântara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: