fbpx

Liberado pelo DM do Botafogo, Gatito trabalha para retomar reflexos e confiança antes do retorno

A cada dia que passa, Gatito Fernández fica mais perto de voltar a jogar pelo Botafogo. Recuperado da lesão no joelho direito e liberado pelo departamento médico, o goleiro se dedica, agora, a retomar os reflexos, a flexibilidade e a confiança para ficar 100% e reforçar o time na reta final da Série B.

Goleiro não joga há mais de um ano — Foto: Vitor Silva/Botafogo

No departamento de futebol, até cogitou-se que o goleiro pudesse retornar em setembro, mas a escolha foi por colocar o pé no freio. Gatito já está clinicamente curado e evolui fisicamente, mas precisa treinar mais para minimizar os efeitos da falta de ritmo de jogo. Ele já trabalha sem restrições no campo e acelera esse recondicionamento.

O clube não crava data, mas há esperança no curto prazo. O período de oito dias sem jogos após a rodada contra o Cruzeiro, na próxima terça-feira, veio a calhar para acelerar a recuperação. É possível que o goleiro seja liberado para enfrentar o Brusque ou para a partida seguinte, contra o Goiás, mas ainda não há garantia.

O paraguaio ainda não jogou em 2021. A última partida do camisa 1 aconteceu em 8 de outubro de 2020, no empate em 2 a 2 da seleção nacional com o Peru. Pelo Botafogo, a ausência é ainda maior: 23 de setembro do ano que passou. O longo tempo fora faz tanto o clube quanto o atleta trabalharem com cautela.

Se jogasse em qualquer outro lugar do campo, a leitura é de que Gatito já teria ganho ao menos alguns minutos há tempos. Só que a posição de goleiro exige cuidados especiais. A pressa nesse momento poderia deixar o clube e o atleta no prejuízo no momento mais decisivo da temporada.

Paraguaio trabalha com preparadores para recuperar forma física e técnica — Foto: Vitor Silva/Botafogo

Nas redes sociais, torcedores chegaram a pressionar pela volta do camisa 1 após alguns deslizes do atual titular, Diego Loureiro. Douglas Borges também foi questionado quando segurou o posto na primeira parte da temporada. Internamente, porém, a comissão técnica passa confiança e elogia todo o sistema defensivo, um dos menos vazados do campeonato.

Enquanto isso, o time segue passo a passo para retomar o lugar na elite do futebol brasileiro. A nove jogos do fim da Série B, o Botafogo é o vice-líder na tabela, com 51 pontos e três de vantagem dentro do G-4. O próximo adversário é o Cruzeiro, fora de casa, na terça-feira, às 21h30 (de Brasília), pela 30ª rodada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: