‘Juros vão cair com certeza’, afirma ministro da Casa Civil

O ministro da Casa Civil, Rui Costa, disse na últma terça-feira, 11, que a taxa de juros vai cair “com certeza”, após a divulgação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de fevereiro, considerada a inflação oficial do país, que apontou alta de 0,71%, abaixo do esperado.
Segundo ele, a redução da taxa Selic se dará pela maior entrada de dólar no Brasil com novos investimentos estrangeiros, que serão viabilizados por concessões e parcerias público privadas, que estarão no próximo pacote de medidas do governo para acelerar a economia.
“Os juros vão cair com certeza. E esse otimismo e a entrada de dólar no Brasil a partir desses investimentos e de uma nova imagem do Brasil haverá de contribuir, não tem razão para manter os juros no patamar que estão. O maior juro do planeta. Hoje a sinalização de queda da inflação traz esse sentimento e reforça esse sentimento: de que os juros precisam cair”, disse Rui Costa em entrevista à CNN Brasil.
O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) se reunirá no dia 3 de maio, sob forte pressão do governo para reduzir a taxa Selic, que está em 13,75% ao ano, maior patamar desde novembro de 2016.
Costa disse ainda que o governo tem dado demonstrações de responsabilidade fiscal, por meio da apresentação do novo arcabouço fiscal, o que tiraria o medo do BC de uma eventual explosão da dívida pública.
“Estamos fazendo extinguindo a antiga Funasa, porque é uma empresa ineficiente e custava mais de R$ 1 bilhão, significa dinheiro público gasto de forma ineficiente. Estamos produzindo conceito no governo de qualidade de gasto público, mais do que a quantidade do que se gasta. Esse conjunto de iniciativas haverá de convencer o Banco Central a reduzir na próxima reunião a taxa de juros”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *