Jogador mata a facadas presidente do Clube Nacional de Rolândia após demissão

O presidente de honra e dirigente de futebol do Clube Nacional de Rolândia, José Danilson Alves, 58 anos, foi morto depois de ser esfaqueado, na última quarta (16), por um jogador que fazia parte do time. O atleta Vinicius Corsini, de 28 anos, teria disparado sete facadas no empresário, duas na cabeça, uma no pescoço, uma na perna e outra no pulmão. 

O criminoso tentou fugir depois de cometer o crime, mas testemunhas que estavam no local seguraram ele até a chegada da Polícia Civil da cidade de Rolândia, no Paraná.

José Danilson foi socorrido e levado para o Hospital do Coração, passou por uma cirurgia mas não resistiu aos ferimentos profundos. Ele também era sargento aposentado da Polícia Militar e foi vereador e vice-prefeito de Rolândia entre 2013 e 2017.

De acordo com um funcionário do Nacional, Vinicius estava há um tempo ameaçando o presidente de honra pois ele não queria o aproveitar no elenco. Vinicius foi até a sede do clube e os dois começaram uma discussão calorosa que resultou na morte do dirigente. A defesa do jogador alega que o crime teria sido motivado por uma demissão ou outro motivo relacionado à profissão de Vinicius.

O Nacional de Rolândia disputa a divisão de acesso do campeonato paranaense e também a série D do Campeonato.Presidente de honra do Nacional de Rolândia é morto a facadas por jogador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: