Irã domina partida e acaba premiado no fim com vitória de 2 a 0 sobre País de Gales

No primeiro duelo da segunda rodada da Copa do Mundo, o Irã dominou completamente as ações da partida contra o País de Gales, porém, tinha dificuldades para conseguir marcar. Já nos acréscimos, a seleção iraniana foi premiada e marcou duas vezes, uma com Cheshmi e outra com Rezaeian, dando a vitória por 2 a 0 para a seleção persa. O resultado desta sexta-feira deixou a equipe do Reino Unido virtualmente eliminada na competição.

As duas equipes fazem parte do grupo B. O Irã agora tem três pontos, enquanto País de Gales continua com apenas um. Na última rodada, a seleção persa vai encarar os Estados Unidos, enquanto a equipe do Reino Unido encerra sua participação na chave contra a Inglaterra. Os dois jogos vão acontecer na próxima terça-feira, às 16 horas (no horário de Brasília).

Após começar a Copa do Mundo sofrendo uma goleada da Inglaterra, o Irã pressionou País de Gales do começo ao fim do jogo. No primeiro tempo, as chances foram poucas, porém, a equipe do Reino Unido tinha dificuldades de organizar qualquer ação ofensiva.

O Irã chegou a abrir o placar. Após belíssima jogada coletiva da equipe asiática, Gholizadeh apareceu para concluir para o fundo das redes aos 18 minutos. No entanto, o lance acabou sendo invalidado pelo VAR que assinalou impedimento na jogada. No segundo tempo, a superioridade iraniana foi maior. Logo no começo, o Irã promoveu uma verdadeira “blitz” e carimbou a bola na trave do País de Gales em duas oportunidades no mesmo lance. Aos cinco minutos, Azmoun recebeu em boas condições, avançou e finalizou, a bola caprichosamente tocou na trave da seleção europeia. No rebote, Gholizadeh arriscou de fora da área e dessa vez a finalização foi no travessão. O lance ainda terminou com uma cabeçada de Azmoun, que Hennessey defendeu.

Aos 27 minutos, o Irã chegou novamente com perigo. Ezatolahi finalizou bem de fora da área e Hennessey apareceu bem para fazer uma grande defesa e salvar a seleção galesa. Aos 40 minutos, a seleção de Gales ficou com um homem a menos. O goleiro Hennessey saiu da área para evitar que Taremi saísse na cara do gol e acabou derrubando o atacante. Após intervenção do VAR, a arbitragem expulsou o arqueiro.

Sem desistir, a equipe iraniana foi premiada nos acréscimos. Primeiro com Cheshmi em belíssimo chute de fora da área, abrindo o placar para a equipe asiática. Logo depois, em belo contra-ataque, Rezaeian completou, dando números finais para o Irã.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.