Indicado para o BC, Galípolo deixa a secretaria-executiva da Fazenda; executivo do WhatsApp assume

Indicado para assumir o cargo de diretor de política monetária do Banco Central (BC), o economista Gabriel Galípolo foi exonerado da Secretaria-Executiva do Ministério da Fazenda. A medida foi publicada na edição do Diário Oficial da União desta terça-feira (20).

No lugar dele, o presidente Lula (PT) nomeou o advogado e ex-diretor da Meta Dario Carnevalli Durigan. Com isso, Durigan passa ser o “número 2” do Ministério da Fazenda.

Galípolo foi oficialmente indicado para o cargo no Banco Central em maio. Considerado “braço direito” do ministro Fernando Haddad, o economista será sabatinado pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado no dia 27 de junho.

Novo secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Dario Durigan é advogado formado pela Universidade de São Paulo (USP) e mestre em Direito e Pesquisa Jurídica pela Universidade de Brasília (UNB).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *