Inauguração de Creche em Nova Belém é um marco na educação de Japeri

O equipamento estava abandonado há quase uma década e teve as obras retomadas na atual gestão municipal

 

A rede municipal de educação de Japeri possuía 34 escolas, mas, a partir da próxima segunda-feira, (15), esse número vai aumentar para 35. É que a Prefeitura inaugurou neste sábado, (13), a Escola Municipal de Educação Infantil Marco Antônio Felix Pereira, no bairro Nova Belém. O equipamento que era um prédio abandonado há quase uma década foi entregue à população com festa e muita comemoração.  

Protagonistas desse modelo de atendimento educacional, às crianças foram recepcionadas pela Turma da Mônica e contaram ainda com algodão doce, pula-pula, piscina de bolinhas e escorrego inflável. No cardápio salgadinho, cachorro-quente e guaraná natural, fizeram do momento de celebração uma grande festa infantil. 

A prefeita, Dra Fernanda Ontiveros, destacou os esforços e o compromisso de garantir que a obra fosse retomada, concluída e entregue. “Foi um caminho longo e árduo para chegarmos aqui hoje com a creche pronta. E quero que cada criança seja cuidada com o mesmo amor e carinho que recebem em casa, proporcionando as mães a tranquilidade necessária para que possam trabalhar sabendo que seus filhos estão em um ambiente seguro e acolhedor”, disse a prefeita que realizou o rito oficial de descerramento da fita inaugural ao lado da família do professor Marco Antônio Felix Pereira, educador e líder comunitário que dá nome a unidade.  

A secretária Municipal de Educação, Caroline Ontiveros, visivelmente emocionada, falou de todo o caminho percorrido pela equipe da secretaria para entender e retomar as obras que foram paralisadas com 70% do prédio concluído, e o susto em saber que o sistema do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), não era alimentado desde 2017, o que não só, desabilitava a cidade de receber recursos, como também de estabelecer parcerias, tendo ainda que devolver o valor já investido pelo Governo Federal. 

“Quando descobrimos o caminho, fomos a Brasília e buscamos sensibilizar a equipe técnica de que Japeri merecia a conclusão dos equipamentos, havia ainda a creche do Sete de Ouro, que estava com 30% de construção, também paralisada. E, pela interrupção das obras, deveríamos devolver o recurso. Mostramos a realidade do município com relatórios de fotos e vídeos, e recebemos o voto de confiança que nos fez retornar para Japeri com uma missão, que se cumpre hoje com a entrega desse equipamento. Muita gratidão a toda a minha equipe, a nossa prefeita, aos vereadores e secretários e ao povo de Nova Belém que acreditou que aquele lixão que encontramos aqui no início da gestão, em 2021, quando estávamos ainda na pandemia, se transformaria na linda creche Marco Antônio Felix Pereira”, relatou. 

O evento contou com a presença do vice-prefeito, Carlos Januário, dos vereadores Renan Schiavo, Marcio Bibi, Ziel Pavani, Cristiano Pingin, Rogerinho da RR e Matheus Ferraz e de diversos secretários e subsecretários de governo.  

 

Gestão Municipal cumpre compromisso e entrega creche no bairro Nova Belém 

Com investimentos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e com capacidade de atender cerca de 110 estudantes, a nova creche fica no bairro Nova Belém e possui salas de aula climatizadas, refeitório, berçário, fraldário, banheiros masculino e feminino, e ainda os adaptados; e um amplo pátio de recreação. Além de espaço multiuso informatizado; sala dos professores; secretaria; depósito; cozinha; despensa; lavanderia; rouparia; refeitório; pátio interno e parquinho.  

Para a gestora da unidade, a professora Débora Delgado, a inauguração da creche é mais do que um espaço físico seguro.  “São mãos solidárias estendidas para os pais, mães e responsáveis que, enquanto batalham por suas vitórias, podem confiar na qualidade e no cuidado da educação que seus filhos receberão. E, com muito respeito, vamos comemorar que a nossa creche recebeu o nome do saudoso professor Marco Antonio, um verdadeiro amigo da nossa comunidade. Agradeço a toda a minha equipe porque estamos juntos nesse desafio de formar a infância japeriense” relatou.  

Os mais novos alunos da unidade, Laura Cordeiro e Ricardo Araújo, entregaram as homenagens à prefeita e à secretária de Educação. As crianças que estão matriculadas nas primeiras turmas serão lembradas por fazerem parte da história que transformou o lixão em espaço de educação, na Avenida Ayrton Senna, em Nova Belém.  

A dona de casa, Andriele Carla Ferreira, (29), moradora da rua ao lado da creche, relata que fez todo o processo de inscrição e que está muito feliz em poder colocar o filho, João Miguel, (3), na creche bem perto de casa. “Eu tenho três filhos, a Anna Victória, (10) e o Enzo Luccas, (7), para levá-los na escola era um sufoco, um corre-corre grande. Agora vamos sair todos juntos e o primeiro que vou entregar na escola é o João, que vai ficar aqui nessa creche novinha e toda linda. É muito bom esse cuidado com as crianças”, disse.  

 

 Uma justa homenagem 

Os irmãos, cunhados e as sobrinhas do professor homenageado, Marco Antônio Felix Pereira, estiveram presentes e destacaram a importância de se cuidar da infância ao mesmo tempo que não se esquece aqueles que contribuíram para a formação das novas gerações.  

“Eu quero que essa creche cumpra com seu papel social e educacional. Que seja um lugar seguro para as crianças e de confiança das famílias. Estamos muito honrados por ver que a cidade de Japeri não esqueceu nosso irmão e agora o eternizou no lugar que ele mais gostava de estar, na escola”, disse Maria Aparecida, que estava ao lado de Moisés, Eleuza e Ademir, todos irmãos de Marcos. 

Marco Antônio Felix Pereira, nasceu no ano de 1973 e foi o primeiro da sua família a conquistar um diploma de nível superior. Em 1997, realizou o sonho de ser aprovado em uma universidade pública, onde cursou letras – português/literatura. Um de seus primeiros empregos foi como Agente Administrativo na Prefeitura Municipal de Japeri, onde como professor deu aula de português por mais de dez anos.   

Como líder comunitário, ajudou a implementar a Comunidade Católica São José, localizada no bairro Nova Belém. Seu legado cultural permanece até hoje, ele foi um grande apoiador do Grupo Cultural Código, associação cultural sem fins lucrativos, fundada em 2007. A vida de Marco Félix foi interrompida em 26 de junho de 2016, aos 43 anos, com muitos sonhos e planos.  

Presente no evento o padre João Paulo, da Paróquia N. Sra. da Conceição, em Japeri, falou sobre a trajetória de Marco como homem cristão. “Hoje a inauguração me deixa lisonjeado por homenagear o nosso amigo. Ele que tinha a educação como base, era ainda um grande homem cristão. Sejamos agradecidos por esse espaço em que crianças serão assistidas e cuidadas”, disse o religioso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *