Hospitais do Rio podem ganhar reforço de cirurgiões-dentistas para auxiliar no combate ao coronavírus

Hospitais da rede pública do Estado podem ganhar um reforço de novos cirurgiões-dentistas para atuar nos serviços de coleta de material para exame do coronavírus, além de triagem e tratamento de infectados pela Covid-19 nas unidades de terapia intensiva (UTIs). A autorização para a contratação, de forma temporária e emergencial, está prevista no projeto de lei 2.678/20, do deputado Capitão Paulo Teixeira (Republicanos), que a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) vota nesta terça-feira (15/12), em discussão única.

A medida complementa a Lei 6.58/13, que dispõe sobre a participação de cirurgiões-dentistas na prevenção de infecção hospitalar nas unidades de saúde do Estado do Rio.  Se aprovada e sancionada, a contratação terá validade até 90 dias após a revogação do decreto que instituiu o estado de calamidade pública em decorrência do novo coronavírus.

“Há estudos que mostram que a Covid-19 pode provocar erupções na mucosa da boca, e que há relação entre infecções pulmonares e a condição bucal. Nesse contexto de pandemia, é muito importante que cirurgiões-dentistas estejam presentes na equipe multidisciplinar dos hospitais para contribuir na manutenção da condição bucal adequada de pacientes em UTIs e diminuir o quadro de agravamento da saúde deles”, justifica Capitão Paulo Teixeira. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito