fbpx

Guarda Municipal de Valença é capacitada para uso de armas não letais

O comando da Guarda Municipal de Valença, com o apoio do prefeito Fernandinho Graça, deu mais um passo importante no sentido de equipar e qualificar os serviços que são oferecidos pela Guarda Municipal da cidade.

Agentes receberam um curso, teórico e prático, de tecnologia para a utilização de armas não letais de dispositivo elétrico incapacitante (Spark), realizado na última semana. O emprego de tecnologias e armamentos não letais é recomendado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública, pelo Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania e pela Organização das Nações Unidas.

O curso foi ministrado pelo Comandante da GM de Barra do Piraí, Enochi Sacchi de Mello, instrutor multiplicador Condor.

Os agentes municipais foram habilitados a fazerem o uso de pistolas elétricas incapacitantes e de espargidores de gás de pimenta, também chamados de instrumentos de menor potencial ofensivo (IMPO). Poderão usar armas de potencial ofensivo não letal para evitar ações de agressão ou incapacitar temporariamente pessoas em flagrante, como taser, gás lacrimogêneo e spray de pimenta.

“Demos mais um passo importante no sentido de equipar e qualificar os serviços que são oferecidos pela Guarda Municipal da cidade. A utilização dos instrumentos de menor potencial ofensivo traz uma segurança a mais nas ações tanto para o agente que o utiliza quanto para a preservação da integridade de vítimas e agressores. A utilização do equipamento por um guarda treinado irá funcionar para inibir uma atitude ou ação irregular”, comentou o comandante MURAT.

O instrutor, comandante da GM de Barra do Piraí, Mello, explicou que a realização de cursos de qualificação e aperfeiçoamento, além de aquisição de novos equipamentos representa um avanço para a corporação de Valença no trabalho diário nas ruas.

Não Letais – As armas conhecidas como Sparks, são dispositivos elétricos incapacitantes que emitem pulsos elétricos que atuam sobre o sistema neuromuscular, causando desorientação, fortes contrações musculares e queda do indivíduo, permitindo a incapacitação temporária do agressor. Fotos:  Divulgação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: