Grupo Mulheres do Brasil quer fortalecer o protagonismo feminino em São Gonçalo

Yonara Costa, Juliana Garcia e Lícia Borges são líderes do núcleo gonçalense do GMB

Fundado em 2013, o Grupo Mulheres do Brasil (GMB) é, atualmente, um dos maiores movimentos voltados para o protagonismo feminino no país. Presidido pela empresária Luiza Helena Trajano, proprietária do Magazine Luiza, a iniciativa já conta com 41 mil participantes no Brasil e no exterior. Um dos 104 núcleos do projeto é o de São Gonçalo, fundado há seis meses, que busca trazer os ideais do GMB para a cidade. 

O núcleo gonçalense do Grupo Mulheres do Brasil é liderado pela professora e analista de educação Yonara Costa, pela empreendedora e especialista em gestão Lícia Borges e pela analista de Recursos Humanos Juliana Garcia. Segundo elas, o grupo tem como objetivo reforçar a representatividade feminina e apoiar iniciativas de mulheres em São Gonçalo. 

“O nosso grupo propõe uma articulação com a sociedade civil em vários âmbitos, seja nas artes, no esporte, no empreendedorismo… O objetivo é sempre trabalhar o potencial das mulheres que produzem ações relevantes para a nossa cidade como um todo e estamos sempre de portas abertas para abraçar novas iniciativas”, afirma Juliana Garcia. 

O núcleo gonçalense do GMB já realiza algumas ações na cidade, como oficinas de empreendedorismo e vendas, capacitações para comunicação e administração de negócios femininos, bem como projetos de incentivo à leitura e escrita, como o projeto Escritoras Vivas, que é apoiado pelo Grupo Mulheres do Brasil. 

“O Escritoras Vivas é um projeto voltado para as autoras gonçalenses. É um grupo  que visa dar voz para que essas mulheres possam alçar novos voos, sempre engajando e incentivando as suas produções”, explica Yonara. “O grupo realiza tanto ações simbólicas, de encorajar, acolher e estimular essas mulheres, o que é extremamente importante, quanto ações concretas e que deixam contribuições efetivas para a cidade”, afirma a professora. 

Na última semana, o Grupo Mulheres do Brasil participou de um evento simbólico no Cristo Redentor, que recebeu uma iluminação especial para divulgar a campanha pela vacinação criada pelo movimento Unidos Pela Vacina, uma iniciativa que também é apoiada pelo GMB. No último dia 10 de maio, as líderes do projeto também acompanharam a entrega de insumos hospitalares doados pela multinacional B.Braun ao município de São Gonçalo, que também faz parte do Unidos Pela Vacina.

As líderes do grupo estimam que aproximadamente 1 mil pessoas são impactadas de forma direta ou indireta pelas ações do Grupo Mulheres do Brasil em São Gonçalo. 

“Nós identificamos que uma grande parte de projetos e empreendimentos liderados em São Gonçalo tem mulheres à frente. Elas têm uma grande capacidade pra tocar sua vida pessoal, seu empreendimento e também engajar em ações e iniciativas que tragam benefícios para a comunidade como um todo”, explica Lícia Borges. “O bem atrai o bem! É nisso que acreditamos. O GMB é um grupo de cooperação, no qual todas as mulheres crescem juntas”, afirma a empreendedora. 

O grupo, desde sua fundação, tem caráter suprapartidário. Ou seja, aceita que seus membros estejam filiados a qualquer partido, desde que defendam os valores inegociáveis do movimento, tais como a defesa do Sistema Único de Saúde (SUS), da democracia e a luta pela igualdade e contra os preconceitos.

“Só reclamar não adianta. Nós precisamos buscar soluções para os nossos problemas diários. Precisamos pensar o que nós, enquanto cidadãos e enquanto grupo, podemos fazer para encontrar essas soluções. Nosso grupo, além de ter esse foco na cooperação entre os projetos das mulheres que fazem parte, busca também encontrar respostas para os problemas que identificamos no dia a dia da nossa cidade”, aponta Yonara.

Para fazer parte do Grupo Mulheres do Brasil, as líderes explicam que é preciso primeiramente fazer a inscrição pelo  site www.grupomulheresdobrasil.org.br. Após essa etapa, as mulheres interessadas podem procurar e conhecer outras iniciativas do núcleo gonçalense do GMB através do Instagram: www.instagram.com/grupomulheresdobrasilsg/

“Nós ainda somos um projeto novo na cidade e estamos buscando cada vez mais mulheres para nós criarmos essa unidade. O grupo tem um objetivo genuíno de dar protagonismo à causa feminina, seja na cooperação de trabalho e empreendedorismo, seja nas ações de acolhimento. Acreditamos que podemos trazer uma verdadeira mudança pro coletivo como um todo dessa forma”, diz Lícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: