Grupo de Arthur Lira atua para atrair DEM e Solidariedade para seu bloco e garantir vitória

Lira vai a jantar com caciques do Centrão em restaurante superexclusivo

O grupo do deputado Arthur Lira (PP-AL) atua para fechar, nesta reta final de campanha, a adesão de mais dois partidos para seu bloco: o DEM e o Solidariedade. Aliados de Lira já estão colhendo assinaturas nos dois partidos para tentar garantir o apoio oficial até o sábado (30). A eleição para a presidência da Câmara está marcada para a segunda-feira (1º).

No caso do DEM, os aliados de Arthur Lira têm uma contabilidade que aponta que, dos 30 deputados da legenda, 22 podem votar no líder do Progressista. Mas coletar as assinaturas para mudança do DEM do bloco de Baleia Rossi (MDB-SP) para o de Lira é mais complicado. O DEM é o partido de Rodrigo Maia (RJ), atual presidente da Câmara e apoiador de Baleia.

Segundo interlocutores de Lira, pode pesar o fato de a cúpula do DEM, que já estaria dando como certa que a maioria do partido não irá votar em Baleia Rossi, não querer impor uma derrota desse nível ao atual presidente da Casa, Rodrigo Maia, um dos articuladores da candidatura do emedebista.

Mas aliados de Arthur Lira no DEM já estão coletando assinaturas. Eles precisam de pelo menos 16 para garantir que o partido mude de lado e passe a integrar o bloco do líder do Progressista, candidato que tem o apoio do presidente Jair Bolsonaro. Uma alternativa em discussão é que, na lista das 16 assinaturas necessárias, não esteja nenhum nome ligado diretamente ao presidente do DEM, ACM Neto.

Em relação ao Solidariedade, legenda que inicialmente estava com Lira, mudou de lado, mas até hoje não oficializou sua adesão a Baleia Rossi, os aliados de Arthur Lira já teriam oito assinaturas entre os quatorze deputados da legenda. Mas o grupo de Lira quer, antes de oficializar a entrada no bloco do líder do PP, fechar um acordo com o deputado Paulinho da Força, que comanda a legenda.

A eleição para a presidência da Câmara

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: