Governo exonera secretário de Atenção Primária à Saúde

Secretário do Ministério da Saúde participará do Simpósio do ...

O governo federal exonerou o secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde, Erno Harzheim.

(CORREÇÃO: O G1 errou ao informar que o coronel do Exército Antônio Élcio Franco Filho foi nomeado para a Secretaria de Atenção Básica à Saúde. Na verdade, Franco Filho foi nomeado para o cargo de secretário-executivo adjunto da Secretaria-Executiva do Ministério da Saúde. A informação foi corrigida às 8h16.)

A mudança foi assinada pelo ministro chefe da Casa Civil, Braga Netto, sem assinatura do Ministro da Saúde, Nelson Teich, e publicadas no “Diário Oficial da União” desta quinta-feira (30).

Na mesma publicação, também foi exonerado Carlos Alberto Andrade e Jurgielewicz do cargo de secretário-executivo adjunto da Secretaria-Executiva do Ministério da Saúde. No lugar dele, foi nomeado o coronel do Exército Antônio Élcio Franco Filho, que comandou a Secretaria de Saúde de Roraima antes de ir para o governo federal.

O coronel estava em Roraima desde o período de intervenção federal que ocorreu no estado, em dezembro de 2018, mas assumiu a Secretaria Estadual de Saúde em abril de 2019, após o médico Ailton Vanderley pedir demissão do cargo alegando motivos pessoais e relatar corrupção sistêmica na pasta.

Élcio Franco inicialmente ficou como interino e depois foi nomeado titular da pasta. Porém, em junho do ano passado, cerca de dois meses após ser nomeado, o coronel foi exonerado da secretaria pelo governador Antonio Denarium (PSL).

Membro do antigo partido de Jair Bolsonaro, Denarium é um dos governadores mais alinhados ao presidente da República.

Secretário exonerado de Atenção Primária à Saúde
O secretário exonerado de Atenção Primária à Saúde, Erno Harzheim, era secretário de Saúde de Porto Alegre e professor do Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul quando foi convidado para assumir cargo no governo Bolsonaro, antes mesmo do início do mandato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: