fbpx

Governo do RJ adota reunião e entrevista ao ar livre para prevenir coronavírus

Reuniões do governo do estado do Rio passam a ser ao ar livre no Palácio Guanabara — Foto: Larissa Cargnin/ Secretaria de TurismoO governo do Rio de Janeiro passou a fazer reuniões e entrevistas coletivas ao ar livre no Palácio Guanabara, em Laranjeiras, Zona Sul do Rio, como forma de evitar a disseminação do coronavírus.

Na tarde desta segunda-feira (16) o governador Wilson Witzel deve anunciar outras medidas contra a doença.

Mais cedo, também numa área aberta do Palácio, os secretários já se reuniram com o governador. É a primeira vez que reunião e entrevista são feitos em locais abertos.

Em entrevista, por telefone, ao RJ1 da TV Globo nesta segunda, o governador recomendou aos donos que fechem academias e restaurantes. Witzel também disse que quer ajuda federal para ajudar no controle da doença.

O governador disse que praias são ‘armas que vão levar o vírus’ para a residência das pessoas, ameaçando idosos e doentes e fez um apelo à população.

‘Momento é de ficar em casa, faço esse apelo’, afirmou.

O Diário Oficial desta segunda também publicou a suspensão das cirurgias eletivas no estado (exceto cardiológicas e oncológicas). Cada paciente só poderá receber uma visita, exceto aqueles que têm coronavírus.

Internado caso grave

O RJ registrou neste domingo (15) o primeiro paciente com coronavírus em estado grave. Trata-se de um médico de 65 anos internado em um hospital da rede privada.

Não há detalhes de como o paciente contraiu o vírus. Ele é o segundo caso grave de Covid-19 do Brasil. O primeiro é o de uma mulher no Distrito Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: