Governo do Estado entrega 44 novos veículos para integrar a frota da Emater-Rio e Defesa Agropecuária

Automóveis foram adquiridos para aperfeiçoar a assistência técnica e extensão rural aos agricultores e o controle sanitário das propriedades rurais

O Governo do Rio de Janeiro, entregou, nesta quarta-feira (02/08), 44 automóveis para fortalecer o setor agropecuário, sendo 30 destinados à frota da Emater-Rio para prestação de assistência técnica e extensão rural aos agricultores e 14 adquiridos pela Pesagro-Rio, que serão utilizados pela Superintendência de Defesa Agropecuária. A cerimônia contou com a presença do governador Cláudio Castro, do vice-governador Thiago Pampolha e do secretário de Agricultura, Dr. Flávio, no Palácio Guanabara. O investimento foi de cerca de R$ 3,5 milhões.

– Essa entrega representa nosso compromisso em valorizar e apoiar o setor agropecuário. Essa conquista é dedicada aos incansáveis produtores rurais do estado que trabalham para alimentar nossas mesas e impulsionar a economia. Estamos vivendo um período de oportunidade para virar a chave, aliando a qualidade dos nossos produtores à tecnologia necessária para trazer rentabilidade e dignidade. Quanto maior o produtor, maior será o agronegócio no Rio – exaltou o governador Cláudio Castro.

O secretário Dr. Flávio destacou a importância do trabalho dos produtores, técnicos e extensionistas para alavancar a produção agrícola.

– Os veículos foram adquiridos com o objetivo de melhorar o atendimento ao produtor rural, da extensão rural à agricultura familiar, e as condições de trabalho dos extensionistas e técnicos. Essa é mais uma conquista da agricultura fluminense – ressaltou o secretário.

A Pesagro-Rio, responsável pela pesquisa agropecuária no estado, vai ceder 14 veículos para que a Defesa Agropecuária possa melhorar sua cobertura e acesso às áreas de produção. A expectativa é que esses novos automóveis possam contribuir para uma melhoria significativa de serviços como: vigilância ativa em propriedades rurais consideradas de maior risco sanitário, na implantação e implementação de Projetos de Educação Sanitária e na realização de Curso de Formação de Agentes em Sanidade Animal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *