Governo do Estado do Rio cadastra 450 famílias de Itaguaí

O Governo do Estado cadastrou, no último sábado (3/7), cerca de 450 famílias retiradas da Ocupação 1° de Maio e que estão, provisoriamente, abrigadas no Ciep Maestro Francisco Mignone, em Itaguaí, após ação judicial de reintegração de posse movida pela Petrobras.

O diagnóstico teve por objetivo construir alternativas sociais para as pessoas que estejam dentro dos critérios estabelecidos nas políticas de assistência social e habitação de interesse social, entre elas a inclusão dessas famílias de forma prioritária no SuperaRJ, cujo auxílio emergencial é de até R$ 300. 

Também foram distribuídos mais de 300 kits dormitórios, com colchão, lençol, travesseiro e fronha, além de absorventes e mais de 2 mil máscaras de proteção à Covid-19. 

Participaram da ação equipes das secretarias de Estado de Infraestrutura e Obras (Subsecretaria de Habitação) e Desenvolvimento Social e Direitos Humanos; Fundação Leão XIII; Cehab; Secretaria de Assistência Social de Itaguai; Defesa Civil e Polícia Militar. A Ordem dos Advogados do Brasil acompanhou o trabnest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: