fbpx

Governo do Estado aperta o cerco contra a extração mineral ilegal

A Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) realizaram operação para reprimir extração mineral ilegal em Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio. A ação contou com o apoio do Comando de Polícia Ambiental (CPAm), do 35º Batalhão da Polícia Militar (Itaboraí) e do Grupamento Aeromóvel (GAM) da Polícia Militar e foi deflagrada a partir de trabalho de inteligência baseado em denúncia anônima.

No bairro Parque Aurora, quinta-feira, dia 18, agentes que sobrevoavam a região na aeronave do GAM avistaram extração ilegal de areola. Ao perceber o helicóptero, homem numa retroescavadeira tentou fugir, mas foi detido pelos policiais que montaram cerco por terra, em conjunto com a abordagem com o helicóptero. O veículo foi apreendido, e o infrator, levado para a 71ª DP (Itaboraí), onde prestou esclarecimentos. Ele responderá por crime ambiental e será autuado pelo Inea. 

Os técnicos e os agentes também percorreram outros endereços, onde observaram extração de substância mineral. A equipe vistoriou uma empresa que realizava a atividade e constatou que a mesma descumpria várias condicionantes da licença ambiental emitida pelo Inea.

A empresa foi notificada para realizar as adequações necessárias para o cumprimento das condicionantes junto ao órgão ambiental estadual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: