fbpx

Governo de SP multa Ciro, Amoedo e Joice por não usarem máscara em manifestação

A Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo anunciou, nesta segunda-feira (13), em nota, que o Centro de Vigilância Sanitária autuou nove autoridades que participaram do ato contra o governo Jair Bolsonaro na Avenida Paulista, na região central de São Paulo, neste domingo (12), por não usarem máscara durante a manifestação.

Segundo a pasta, foram autuados Ciro Gomes (PDT), João Amoedo (Novo), o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), os deputados federais Joice Hasselmann (PSL-SP), Marcelo Ramos (PL-AM) e Bozzella (PSL-SP), e os deputados estaduais Arthur do Val (Patriota), Heni Ozi Cukier (Novo) e Isa Penna (PSOL).

O uso da máscara é obrigatório em São Paulo e a multa para quem desrespeita a resolução é de R$ 552,71. Os autuados podem apresentar recurso contra a multa.

“Todos os cidadãos, incluindo figuras públicas e políticas, devem zelar pela proteção individual e coletiva”, afirmou a secretaria em nota.

Esta não é a primeira vez que políticos são multados por não usarem máscara no estado. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) também já foi autuado pelo governo paulista seis vezes pelo mesmo motivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: