Governo Bolsonaro tem uma demissão em cargos de alto escalão a cada três dias

Desavenças pessoais, desentendimentos com familiares do presidente Jair Bolsonaro e até mesmo pressões de parlamentares para indicações políticas são os motivos de uma alta rotatividade de funcionários do alto escalão no governo federal. Levantamento feito pelo GLOBO identificou 183 alterações em cargos de primeiro e segundo escalão, uma média de praticamente uma saída a cada três dias nos quase 20 meses de gestão.

 

Além dos 12 ministros trocados — descartado o caso de Carlos Alberto Decotelli, que foi nomeado como titular da Educação e não tomou posse —, foram considerados no cálculo as alterações de secretários ligados diretamente aos ministros e presidências de estatais e de bancos oficiais.Presidente Bolsonaro durante reunião ministerial Foto: Marcos Correa / Agência O Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito