Governadores pedem à Anvisa 66 milhões de doses da Sputnik

Doses da Sputnik V, vacina contra o coronavírus desenvolvida pelo governo da Federação Russa. [fotografo]Ministério da Saúde da Rússia[/fotografo]

Doze estados brasileiros já protocolaram junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pedido de importação de pelo menos 66,6 milhões de doses da vacina russa Sputnik V. Os dados são da própria agência reguladora, que recebe governadores nesta terça-feira (6) para tratar da importação do imunizante contra a covid-19.

Bahia, Acre, Rio Grande do Norte, Maranhão, Mato Grosso, Piauí, Ceará, Sergipe, Pernambuco, Rondônia e Pará fizeram o pedido. Segundo a Anvisa, os estados fizeram os seguintes pedidos:

  • Bahia: 9.770.280 doses
  • Acre: 656.340
  • Rio Grande do Norte: 300.010
  • Maranhão: 4.582.860
  • Mato Grosso: 1.201.500
  • Piauí: 2.173.610
  • Ceará: 5.581.610
  • Sergipe: 400.000
  • Pernambuco: 4.000.000
  • Rondônia: 937.590
  • Pará: 37.000.000

A vacina, que ainda não é liberada para uso emergencial ou definitivo no Brasil, deve ser produzida no Brasil pela União Química, que já iniciou a produção de lotes-piloto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: