Google, Microsoft e Amazon têm cursos gratuitos de TI para mulheres e indígenas; veja como se inscrever

As big techs Google, Microsoft e Amazon anunciaram que estão com vagas abertas para cursos gratuitos de tecnologia da informação (TI) voltados para mulheres, indígenas e pessoas vulneráveis em todo o Brasil.

As oportunidades oferecidas são para aqueles que têm interesse em ingressar no universo da engenharia de softwarecomputação em nuveminteligência artificialanálise de dadosGitHub linguagem Python.

No caso da Microsoft, a empresa está com quatro cursos com inscrições abertas, todos exclusivos para mulheres e transgênero.

Vale ressaltar que as três empresas oferecem certificação após a conclusão das atividades. Veja a seguir quais os requisitos e como se inscrever:

Google

Engenharia de dados: chamado de Prep Tech, o programa do Google e da plataforma de educação Ada tem duração de 4 meses e aborda temas como algoritmos e estrutura de dados. Segundo o Google, o curso será on-line e os selecionados terão ainda a oportunidade fazer aulas de inglês. “As pessoas selecionadas também terão a oportunidade de assistir a palestras de funcionários do Google, participar de um programa de mentoria e receber dicas sobre o processo de entrevista”, disse a empresa.

O programa Prep Tech é exclusivo para mulheres e pessoas que se autodeclaram pretas, pardas ou indígenas. Ao todo, são 254 vagas e os interessados podem ser inscrever neste link. Para participar, o Google exige conhecimento intermediário de inglês, experiência profissional de cinco anos em programação, ou três anos caso a pessoa tenha formação em física, matemática ou sistemas de informação.

Amazon

Computação em nuvem: dedicado para pessoas vulneráveis e grupos sub-representados no mercado de tecnologia, o programa gratuito da Amazon e da Escola da Nuvem é focado em funções básicas de nuvem, abordando operações, suporte de infraestrutura, segurança e programação. As inscrições estão abertas neste link.

“Os cursos são abertos a pessoas de todo o país, sem necessidade de conhecimento prévio de nuvem ou outras tecnologias”, diz a empresa.

Microsoft

 “Elas na IA”: em sua 7ª edição, o curso capacita mulheres que desejam trabalhar com inteligência artificial. Ele dura 4 semanas e aborda temas como IA generativa, machine learning, responsabilidade de AI, entre outros. No total, são disponibilizadas 5 mil vagas para participantes, e as inscrições vão até o dia 3 de maio neste linkÉ recomendado conhecimento básico de nuvem, programação e Python.

Bootcamp de análise de dados: para quem deseja trabalhar com dados, o treinamento tem duração de 6 meses e explora módulos de visualização de dados, estatística e modelos regressivos, business intelligence, computação em nuvem e mais. São 150 vagas disponíveis e as inscrições vão até o dia 17 de maio  neste link. Para aproveitar ao máximo o curso, é necessário ter conhecimentos em programação e Python, além de disponibilidade para acompanhar as aulas semanais ao vivo.

Back-end Python: as aulas on-line têm duração de 4 meses e as mulheres selecionadas poderão estudar os seguintes tópicos: conceitos da linguagem, banco de dados, frameworks de desenvolvimento web, inteligência artificial e mais. São apenas 70 vagas oferecidas e as inscrições vão até o dia 22 de maio neste link. As interessadas precisam ter conhecimento básico em programação e GitHub.

GitHub 4 Women: a mentoria tem 5 mil vagas abertas para quem deseja se aventurar por fundamentos de GitHub, GitHub Copilot e Codespaces. “Ao término do curso, um exame avaliará as participantes e as 100 melhores receberão um voucher para realizar a certificação GitHub Foundations de forma gratuita”, disse a Microsoft. É recomendado conhecimento básico em nuvem, controle de versão e desenvolvimento de software. As inscrições podem ser feitas neste link.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *