fbpx

Gabigol chega a seis expulsões pelo Flamengo, cinco delas por atitudes antidesportivas ou ofensas

O cartão vermelho recebido por Gabigol na goleada sofrida pelo Flamengo por 4 a 0 para o Internacional, domingo, no Maracanã, foi o sexto desde que ele chegou ao clube, em 2019. Destes, cinco foram por atitude antidesportiva e ofensas aos árbitros.

Gabigol, Flamengo x Internacional, Brasileirão — Foto: Alexandre Durão

Contra o Inter, com o Flamengo em desvantagem por 3 a 0, o atacante foi expulso aos 15 minutos do segundo tempo. Primeiro, levou amarelo por chutar a bola para longe durante atendimento médico ao goleiro colorado. Depois, o jogador aplaudiu com ironia, e o juiz, avisado pelo quarto árbitro, o expulsou.

Gabigol cumpre suspensão na partida contra o Sport, domingo, em Volta Redonda. Após o jogo contra o Inter, Renato comentou sobre o fato de a expulsão ter complicado ainda mais o Flamengo.

– Sempre digo a eles que os times que enfrentam o Flamengo mudam a tática, jogadores, esquema… dão a vida. Mas infelizmente não deu nada certo. Ainda perdemos um jogador no segundo tempo para complicar ainda mais – disse Renato.

As expulsões de Gabigol no Flamengo:

Temporada 2019

  • Flamengo 0 x 1 Peñarol (Libertadores, 03/04/2019) – vermelho direto – motivo: carrinho frontal
  • Grêmio 0 x 1 Flamengo (Brasileiro, 17/11/2019) – vermelho (amarelo + amarelo) – motivo: atitude antidesportiva, desrespeitar juiz
  • Flamengo 2 x 1 River Plate (Libertadores, 23/11/2019) – vermelho direto – motivo: atitude antidesportiva, provocar adversário

Temporada 2020

  • Fluminense 1 x 2 Flamengo (Carioca, 12/07/2020) – vermelho (amarelo + amarelo) – motivo: reclamação
  • Flamengo 4 x 3 Bahia (Brasileiro, 20/12/2020) – vermelho direto – motivo: atitude antidesportiva, ofensa à arbitragem

Temporada 2021

  • Flamengo 0 x 4 Internacional (Brasileiro, 08/08/2021) – vermelho (amarelo + amarelo) – motivo: atitude antidesportiva, desrespeitar o juiz

As expulsões do Flamengo desde 2019:

  • Gabigol- 6
  • Willian Arão – 2
  • Bruno Henrique – 2
  • Gustavo Henrique – 2
  • Natan – 1
  • Pará – 1
  • Rodrigo Caio – 1
  • Thuler – 1
  • Berrío – 1
  • Diego Alves – 1
  • César – 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: