Fornecedor de tecnologia da Câmara dos EUA é alvo de ataque de ransomware

Um fornecedor de tecnologia que presta serviços para gabinetes da Câmara dos Estados Unidos foi alvo de um ataque cibernético de ransomware. Quase 60 escritórios foram atingidos e ainda não conseguiram recuperar os dados.

A informação foi reportada nesta 3ª feira (8.jun.2021) pela newsletter Punchbowl News.

Ransomware é um tipo de programa que bloqueia os arquivos da vítima e cobrar um resgate para sua liberação.

Segundo o Punchbowl, a empresa iConstituent está trabalhando com a diretora Administrativa da Câmara (CAO, na sigla em inglês), Catherine Szpindor, para resolver o problema. O órgão afirmou que não há evidências de que sistemas domésticos tenham sido hackeados ou comprometidos.

A empresa fornece um serviço que os deputados usam para se comunicar com eleitores.

Ao Punchbowl, a administração da Câmara enviou a seguinte resposta sobre o ataque:

“O Escritório do Diretor Administrativo foi notificado pela iConstituent de que seu sistema de boletim eletrônico foi atingido por um ataque de ransomware. O sistema de e-newsletter da iConstituent é um serviço externo disponível para compra pelos gabinetes internos. No momento, a CAO não tem conhecimento de nenhum impacto nos dados da Câmara. A CAO está coordenando com os escritórios afetados apoiados pela iConstituent e tomou medidas para garantir que o ataque não afete a rede doméstica e os dados dos escritórios”. 

Os Estados Unidos vem registrando uma série de ataques virtuais com ransomware. No começo de maio o maior oleoduto do país, operado pela Colonial Pipeline foi alvo de uma investida do tipo. A empresa pagou um resgate de quase US$ 5 milhões para liberar operação da rede.

No final do mês, a unidade da JBS nos Estados Unidos identificou um ataque de ransomware que afetou servidores nos EUA e na Austrália e paralisou a produção nos 2 países.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: