Força-tarefa vai investigar denúncia de abuso contra meninas do Degase

Unidade do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase)

O secretário de Polícia Civil, Allan Turnovsky, determinou, na manhã desta sexta-feira (02), que uma força-tarefa investigue a suspeita de abuso sexual de adolescentes internas no Centro de Socioeducação Professor Antônio Carlos Gomes da Costa, na Ilha do Governador, unidade do Departamento de Ações Socio-Educativas (Degase).

Numa ação conjunta nada usual, o caso ficará sob a responsabilidade da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) e da Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM).

As duas unidades vão atuar lado a lado.

Por determinação da Justiça do Rio, cinco agentes e o diretor da unidade já estão afastados. E o secretário estadual de Educação, Alexandre Valle, exonerou o diretor-geral e o corregedor do Degase.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: