Fluminense tem como prioridade as renovações de Luccas Claro e Dodi, mas encontra dificuldades

Enquanto Odair Hellmann vai lapidando o time do Fluminense em campo, fora dele a diretoria também age para dar condições de trabalho ao treinador. E uma dessas questões é garantir a renovação com jogadores que fazem parte dos planos. O clube tinha 11 atletas com contratos se encerrando até dezembro, e por enquanto prorrogou o vínculo com dois deles: Matheus Ferraz e Wellington Silva.

Dodi e Luccas Claro se firmaram como titulares em 2020 — Foto: Mailson Santana / Fluminense FC

Agora, as prioridades do Fluminense são as renovações com Luccas Claro e Dodi, que nas últimas semanas viraram peças chaves e titulares absolutos da equipe. As conversas entre diretoria e estafe dos jogadores já começaram, como eles mesmos revelaram em entrevistas coletivas. Mas o ge apurou que nenhum caso está avançado e que o clube tem encontrado dificuldades nas negociações.

Luccas Claro chegou ao Fluminense no meio do ano passado, após três temporadas no futebol da Turquia, e fez apenas duas partidas com a camisa tricolor em 2019. Em 2020, até teve chances no início do Carioca, quando foi bem, mas só foi conquistar sua vaga como titular no Campeonato Brasileiro. Encaixou a dupla com Nino e, com grandes atuações, vem sendo um dos mais regulares.

Luccas Claro tem 16 jogos e 3 gols em 1 ano de Fluminense — Foto: Mailson Santana / Fluminense FC

Mas Luccas Claro quase não estaria mais em Laranjeiras para viver essa boa fase. O ge apurou que, durante o período da pandemia, um clube do futebol chinês chegou a apresentar proposta pelo zagueiro, mas o Fluminense não o liberou na época. A decisão se mostrou acertada, mas o jogador continua como alvo no mercado e naturalmente busca uma valorização.

Dodi, por sua vez, está há mais tempo nas Laranjeiras, desde abril de 2018, quando foi contratado por empréstimo junto ao Criciúma. Porém, ele não se firmou e chegou a ficar sem contrato no fim da temporada, até acertar sua permanência em definitivo no ano seguinte. Mas só agora, em 2020, que ele encaixou como uma luva no time de Odair. “Motorzinho”, também é titular indiscutível hoje.

Dodi acumula 58 jogos e 1 gols em 2 anos e meio de Fluminense — Foto: Mailson Santana / Fluminense FC

O volante também se valorizou no período e tem tido seu nome em especulações envolvendo outros clubes na imprensa. Conforme já noticiado pelo site “UOL” e confirmado pelo ge, as negociações com seus representantes já vêm acontecendo há um tempo, e uma primeira oferta do Fluminense já foi recusada por ser considerada muito abaixo da valorização pretendida pelo estafe de Dodi.

Tanto Luccas Claro quanto Dodi já poderiam assinar pré-contrato com outro clube, mas não o fizeram, pelo menos por enquanto. A dupla ainda negocia com o Fluminense, que tenta chegar em uma composição boa para todos. Entre os demais jogadores nessa situação, Henrique já voltou para o Cruzeiro; Felippe Cardoso e Matheus Alessandro foram comunicados que estão fora dos planos; e resta ainda uma definição sobre Nenê, Hudson, Caio Paulista e Orinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: