Fluminense fecha acordo na Justiça com Arouca para quitar antiga dívida de R$ 3,4 milhões

Na última sexta-feira, o Fluminense fechou mais um acordo na Justiça: desta vez, foi com Arouca, volante formado em Xerém e que defendeu o clube como profissional entre 2004 e 2008. Aos 34 anos e atualmente sem clube após deixar o Figueirense, o jogador vai receber R$ 3.433.413,20 ao todo, sendo R$ 1.742.000,00 “à vista”, através de alvará para liberação de depósitos recursais (quantia penhorada anteriormente), e R$ 1.691.413,20 em 36 parcelas fixas de R$ 46.983,70.

Arouca fez 212 jogos pelo Fluminense entre 2004 e 2008 — Foto: André Durão / ge

Além de verbas rescisórias, Arouca cobrava também direito de arena sobre férias, 13º e FGTS. As parcelas começarão no próximo mês de outubro e terminarão em setembro de 2024, com direito a multa de 15% em caso de 30 dias de atraso, e multas, juros e antecipação das parcelas futuras em caso de atraso superior a 90 dias. O processo corria desde 2009 na 28ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, e o acordo foi divulgado pelo site “Esporte News Mundo”.

Volante estava no Figueirense até a temporada passada — Foto: Patrick Floriani / FFC

Revelado pelo Fluminense, Arouca disputou 212 jogos com a camisa tricolor, marcando nove gols e sendo campeão carioca de 2005 e da Copa do Brasil de 2007. Após deixar as Laranjeiras, o volante passou por São Paulo, Santos, Palmeiras, Atlético-MG, Vitória e estava no Figueirense. O Flu também fez outros acordos recentes na Justiça para encerrar antigas dívidas, como por exemplo com Washington “Coração Valente”, o ex-zagueiro Cássio e o técnico Marcelo Oliveira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: