Fluminense diz que CBF admitiu erro do VAR em lance capital de derrota contra Coritiba

O Fluminense informou, nesta quarta-feira, que após ser recebido pela Comissão de Arbitragem da CBF, foi comunicado pela entidade que houve um erro do VAR ao não chamar o árbitro para avaliar os lances polêmicos da derrota para o Coritiba, no último domingo, no Couto Pereira. Neste caso, o lance capital do erro de avaliação aconteceu na cabeça do volante Andrey em Yago Felipe.

De acordo com a nota divulgada pelo Fluminense, o clube e a entidade entenderam que o lance deveria ter sido revisado pelo VAR para a análise de uma possível expulsão do volante. O jogador do Coritiba deu uma cabeçada no camisa 20 tricolor na metade da segunda etapa, em lance que resultou no tento de empate da equipe paranaense.

O Fluminense procurou a Comissão de Arbitragem da CBF em busca de respostas e foi atendido pela entidade. Posteriormente, a CBF divulgou o áudio da conversa da cabine do VAR no momento do lance, mas que acabou sendo inconclusivo na avaliação tricolor.

“O Fluminense foi recebido pela Comissão de Arbitragem da CBF para tratar dos problemas ocorridos na partida contra o Coritiba. Dentre os lances polêmicos abordados na reunião houve consenso de que o lance da cabeçada de Andrey em Yago Felipe deveria ter sido revisado pelo VAR, o que não ocorreu. Diante disso, a comissão diligentemente informou que tomaria as medidas cabíveis”, diz a nota divulgada pelo Fluminense.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.