Flordelis perde contrato com gravadora após ser indiciada como mandante do assassinato do marido

A gravadora gospel MK Music anunciou nesta quinta-feira (27) que encerrou o contrato com a cantora Flordelis. O anúncio foi feito três dias após a deputada ser indiciada como mandante do assassinato do seu marido, o pastor Anderson do Carmo, cometido em junho do ano passado.

A gravadora MK Music pertence ao senador Arolde de Oliveira e sua esposa Yvelise de Oliveira. Flordelis foi contratada pela MK Music em 2009. O anúncio do rompimento do contrato foi feito pelas redes sociais e no site da gravadora.Mesmo acusada de mandar matar o marido, Flordelis convoca culto com fiéis

Flordelis vai responder na Justiça como a mandante do assassinato do próprio marido, cometido em junho de 2019. A pastora e outros seis familiares foram alvos da Operação Lucas 12, que foi deflagrada na segunda-feira (24) pelo Ministério Público estadual (MPRJ) e a Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI).

Durante a operação foram também cumpridos 14 mandados de busca e apreensão na casa de Flordelis, em Niterói, além de outros endereços ligados à pastora, em São Gonçalo, na cidade do Rio e em Brasília. Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara Criminal de Niterói. Devido ao foro privilegiado, a parlamentar não foi presa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito