fbpx

Flávio Bolsonaro passa a integrar a CPI da Covid

Filho do presidente Jair Bolsonaro, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) foi confirmado como suplente na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid. Com isso, o parlamentar passa a integrar oficialmente o colegiado que tem apurado ações e omissões do governo no combate à pandemia do coronavírus. A CPI retorna aos trabalhos na próxima semana.

O ingresso de Flávio se deve à saída do senador Ciro Nogueira (PP-PI), que deixou o Senado para assumir o comando da Casa Civil. Ciro era titular da comissão e o movimento dele altera o bloco composto por MDB, Republicanos e Progressistas, com direito a três das 11 cadeiras no colegiado.

Único representante do partido, Ciro – que também preside a legenda nacionalmente – cede lugar na titularidade para o também governista Luis Carlos Heinze (PP-RS), que já tem participação constante nas reuniões. Outra novidade é  o ingresso de Jader Barbalho (MDB-PA) também para a suplência.

Flávio se filiou recentemente ao Patriota. Ele era do Republicanos e agora integra a mesma bancada do relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL). Flávio e Renan Calheiros já tiveram discussões públicas na comissão, com o filho do presidente chamando o alagoano de “vagabundo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: