Flamengo fica “na torcida” e deixa Gabigol e Everton de sobreaviso para o duelo com a Chape

A comissão técnica do Flamengo vai acompanhar com muito interesse a decisão da Copa América, sábado, no Maracanã, entre Brasil e Argentina. A expectativa é de ver (e torcer) se Everton Ribeiro e Gabigol ganharão minutos em campo. Se não atuarem, crescem as chances de reforçarem o time no dia seguinte, contra a Chapecoense, pelo Campeonato Brasileiro. Eles já estão de sobreaviso.

Gabigol durante treino da seleção brasileira na Granja Comary, em Teresópolis — Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Com a pressão alta após as derrotas recentes e as críticas pesadas sobre o trabalho do técnico Rogério Ceni, o reforço de dois dos principais jogadores do elenco é visto como importante para o Flamengo voltar a vencer.

Tanto Everton quanto Gabigol não foram escalados por Tite no time titular do Brasil na semifinal da Copa América. Contra o Peru, o atacante não foi utilizado. Já o meia entrou aos 24 minutos do segundo tempo.

Gabigol ainda tem um assunto pendente com a diretoria, que ficou insatisfeita com o fato de o camisa 9 não ter se apresentado para o jogo contra o Coritiba e prometeu multá-lo.

A presença de pelo menos um dos dois diminuiria a lista de desfalques, que foi encorpada com a lesão muscular de Bruno Henrique e já tem Diego, outro machucado, e Gomes, suspenso. Vitinho, que cumpriu suspensão contra o Atlético-MG, retorna.

Com dois jogos a menos, o Flamengo é o 11º colocado do Brasileiro com 12 pontos – aproveitamento de 50%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: