fbpx

Fiscalização de táxis pelo IPEM/RJ é realizada em Mesquita

Iniciativa foi fruto de uma parceria entre o Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Rio de Janeiro e a prefeitura Municipal de Mesquita e aconteceu de forma gratuita

No dia 1º de setembro, foi realizado um trabalho de fiscalização de táxis no município. A ação aconteceu das 10h às 14h na Dinâmica, em Rocha Sobrinho, e os taxistas cadastrados em Mesquita tiveram a oportunidade de receber o serviço sem agendamento prévio e, principalmente, de forma totalmente gratuita.

A ação é uma parceria do IPEM/RJ – Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Rio de Janeiro – com a Prefeitura Municipal de Mesquita e teve como objetivo checar a documentação e a legalidade dos veículos, assim como os componentes dos táxis, que são as características que facilitam a sua identificação como veículo de transporte.

Além disso, a parceria busca melhorar a qualidade do serviço e também otimizar a atividade na cidade. “O taxista não precisa se deslocar até o Centro do Rio de Janeiro para realizar esse serviço que estamos oferecendo aqui, no próprio município. Não é apenas uma fiscalização nossa, mas também do IPEM/RJ, que avalia a questão do taxímetro, por exemplo, de cada taxista cadastrado na nossa cidade”, valoriza Rholmer Louzada Junior, secretário municipal de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos. “Assim, nós garantimos essa visibilidade ao serviço e priorizamos o espaço desses profissionais diante da constante competição de transportes privados”, explica Alexandre Souto, superintendente do IPEM/RJ.

A iniciativa é também uma maneira de impedir a circulação de táxis não legalizados pela cidade, preservando a segurança dos munícipes. Os táxis que passaram pela fiscalização receberam o selo de veículo fiscalizado referente ao ano de 2021, algo que o taxista Djalma Antonio, de 69 anos, considera fundamental para os colegas de profissão e, principalmente, para os usuários do serviço. “Acho muito importante e significativo ter esse selo para que o passageiro tenha a segurança de que está andando em um veículo seguro e legalizado pelos órgãos competentes”, avalia.

A ação também contou com a presença de Adriana Iório, presidente do Instituto Brasileiro de Turismo, Transporte, Hospitalidade e Cidadania, que valorizou a ação de prevenção e o trabalho exercido por esses profissionais. Além disso, ela destacou a importância de tratar o transporte como uma política séria e segura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: