Faperj lança novos editais e investe mais de R$ 27 milhões em ciência

A Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) lança três  novos editais no valor total de R$ 27 milhões e 500 mil reais. A solenidade acontece nesta quarta-feira, dia 14 de julho, às 16h. 


O primeiro edital, no valor de R$ 8 milhões 500 mil reais, apoiará projetos no campo de pesquisa da medicina de precisão. O objetivo do Edital é consolidar Centros de Pesquisas em Medicina de Precisão. Este edital visa estimular a realização de projetos de pesquisa básica, aplicada e desenvolvimento tecnológico em instituições sediadas no Estado do Rio de Janeiro em consonância com os objetivos do Programa Genomas do Brasil do Ministério da Saúde e o apoio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Os projetos deverão ser nas áreas de ômica em doenças infecciosas e parasitárias, crônico-degenerativas, doenças raras, treinamento de máquina e inteligência artificial no diagnóstico de doenças, biobancos e farmacogenômica e poderão ter duração de 36 meses.

O segundo edital, no valor de R$ 9 milhões 750 mil reais, apoiará projetos de infraestrutura em doenças infecciosas e covid-19. Serão selecionados projetos multiusuários para realização de pesquisas científicas e tecnológicas no campo das doenças infecciosas e que necessitem de instalações de biossegurança nível 3 para realização de experimentos de covid-19 a partir de cultura de células e/ou manipulação de animais infectados. 

Os investimentos em projetos de pesquisa translacionais e clínicos em unidades hospitalares e de saúde sobre as afecções pós-covid é o foco do terceiro edital que será lançado pela Faperj, nesta quarta-feira. Neste edital serão financiados estudos que englobem aspectos clínicos da doença, diagnóstico e tratamento das manifestações, epidemiologia, controle da doença e enfrentamento das afecções pós-covid-19 no Estado do Rio de Janeiro. O total de recursos para este edital é de R$ 9 milhões, sendo que cada proposta poderá ser de até R$ 2,5 milhões. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: