Faetec vai distribuir kit alimentação para as famílias vulneráveis na próxima semana

Benefício será oferecido para alunos matriculados na Educação Básica


 A partir da próxima semana, a Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), instituição vinculada à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), começa a distribuir kit alimentação para os estudantes matriculados na Educação Básica. Mais de 3 mil cestas serão entregues, na primeira remessa, às famílias cadastradas como hipossuficientes (renda muito baixa). – O objetivo é contribuir na segurança alimentar dos alunos até que as aulas presenciais retornem, uma vez que as atividades permanecem remotas como medida de segurança contra a Covid-19. Temos ciência da urgência que as famílias têm de receber os kits. Por isso, o nosso empenho em oferecer esse benefício – enfatiza João Carrilho, presidente da Faetec. 

Serão atendidas prioritariamente as famílias incluídas no Cadastro Único (CadÚnico), utilizado para programas sociais do Governo Federal, como Bolsa Família. A logística de distribuição será definida por cada escola, com a convocação dos responsáveis para a retirada das cestas por meio de agendamento, para que não cause aglomeração e com o distanciamento necessário das pessoas que estão no local. A depender da quantidade de estudantes atendidos, a ação poderá ser realizada em diferentes dias e turnos. Portanto, nem todas estarão entregando os kits no mesmo dia.

O kit é composto por gêneros alimentícios que possam reforçar a alimentação dos alunos em casa. Cada cesta pesa cerca de 17 quilos e tem 83 itens, entre eles: arroz, feijão, leite, óleo, suco, biscoito e bolo. – A distribuição desses kits de alimentação é uma ação que vai contribuir para minimizar os efeitos sociais e econômicos causados pela pandemia. Desse modo, nossos alunos e suas famílias terão um importante reforço para colocar comida à mesa. Esse momento é de união, sobretudo, para ajudar quem mais precisa – destacou o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Dr. Serginho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: