fbpx

Faetec vai distribuir cerca de 12 mil cestas básicas para alunos

A Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), instituição vinculada à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, vai distribuir cestas básicas para os estudantes matriculados na Educação Básica e na Escola Especial Favo de Mel, voltada para alunos com deficiência intelectual. A previsão é de que cerca de 12 mil kits de alimentos sejam distribuídos. De acordo com o presidente da Faetec, Romulo Massacesi, única escola pública voltada à formação profissional de pessoas com deficiência do Brasil foi a primeira a receber as as cestas básicas. 

Faetec-RJ abre inscrições para cursos técnicos e superior e bolsa ...

– Esta ação está sendo desenvolvida através de um esforço da Faetec, além de utilizar os recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar, o PNAE, do Ministério da Educação. Vamos começar as entregas com os alunos da Favo de Mel, por conta das suas especificidades, e para os cadastrados como hipossuficientes, somando inicialmente cerca de 2.400 cestas. Na semana seguinte, a entrega se estenderá para os demais estudantes que realizavam refeições nas unidades – disse o presidente da Faetec. 

 

As unidades devem criar um plano de ação para que seja realizada uma logística de contato com o aluno ou um representante de sua família, para o agendamento da entrega da cesta básica.

Cada escola vai organizar a ação, com o objetivo de não promover a aglomeração de pessoas, assim como um controle de identificação dos alunos contemplados com a entrega. Dependendo da quantidade de estudantes, a ação poderá ser realizada em diferentes dias e turnos. 

 

– Solidariedade é o que precisamos neste momento. Não podemos deixar de dar suporte para aqueles que estão mais vulneráveis durante essa pandemia. O incentivo do poder público e empresas, por exemplo, se torna indispensável para levarmos alimentos para quem mais precisa. Juntos, será bem mais fácil vencer essa pandemia – disse o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonardo Rodrigues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: