Exposição “Ponto de Fuga” será encerrada nesta sexta-feira (16) em São Pedro da Aldeia

Os fãs e admiradores das artes plásticas têm até esta sexta-feira (16) para conferir de perto as pinturas assinadas por Paulo Jorge dos Santos e Rose Athayde, que estão em exposição na Casa da Cultura Gabriel Joaquim dos Santos, no Centro de São Pedro da Aldeia. A visitação acontece das 9h às 17h, mediante uso obrigatório de máscara de proteção facial. No último dia da mostra, os artistas estarão presentes para receber, pessoalmente, os visitantes, a partir das 14h. A entrada é gratuita com restrição de até cinco pessoas por vez para evitar aglomerações. 

Na reta final do evento, a exposição ganhou um novo quadro, o “Moinho da Aldeia”, substituindo uma das obras que foram compradas ao longo da mostra. A obra, em tinta acrílica sobre tela, foi produzida pelas mãos de Paulo Jorge e retrata o atual cenário da cidade vista do mirante da Praia do Centro. O moinho de vento é remanescente das antigas salinas da região. “Apesar de não ser uma exposição temática, São Pedro da Aldeia é minha terra natal. Por isso, trouxe também telas que retratam a fauna e a flora local, como a orquídea Cattleya, presente na Serra de Sapiatiba, e o carcará, que é uma ave característica da nossa região”, explicou o artista. 

Ao todo, 40 pinturas em tinta acrílica e óleo compõem a mostra, idealizada com o objetivo de propor uma reflexão acerca da arte como ferramenta terapêutica durante a pandemia da Covid-19. Os quadros, em sua maioria, foram produzidos em casa pelos artistas durante o isolamento social. O título da exposição faz alusão à técnica do “ponto de fuga”, muito utilizada na pintura para efeitos de profundidade, e também à metáfora da arte como “fuga” do tédio e do estresse causado pelo período de confinamento. 

As telas retratam temas diversos, como paisagens naturais, cenários urbanos, natureza morta e marinhas, e estão disponíveis para compra. Um dos quadros ganhou, ainda, uma instalação, idealizada pela diretora municipal de Cultura, Giselle Lima. “A ideia dessa instalação surgiu no momento em que os artistas propuseram o nome ‘Ponto de Fuga’ como título da exposição. A partir do nome, surgiu a vontade de criar o ‘ponto de fuga’ com as linhas e causar um efeito ‘3D’. A instalação, por ser algo diferente, traz consigo ainda uma atmosfera que apresenta o conceito de perspectiva e, ao mesmo tempo, instiga o público a chegar às suas próprias conclusões e epifanias”, destacou. 

Balanço positivo 

No início desta semana, os artistas estiveram na Casa da Cultura e aproveitaram para fazer uma avaliação sobre a exposição, em cartaz desde o dia 18 de junho. Ao todo, seis obras já foram vendidas e outras já estão sob encomenda. “Foi muito gratificante poder estar aqui com as pessoas e poder falar um pouquinho sobre as nossas obras. Essa exposição, realmente, foi um marco nas nossas vidas como artistas, um divisor de águas, além de ter sido uma oportunidade para formarmos público”, ressaltou Rose. 

“Já tive outras exposições coletivas, mas esta foi a primeira individual, tendo como convidada especial a minha esposa, Rose. Foi um evento que, certamente, nos abriu muitas portas. Acredito que o sucesso dessa exposição se deve, em sua maior parte, à equipe da Cultura, que nos recebeu tão bem e criou esse ambiente maravilhoso. A repercussão no meio artístico foi muito grande, a ponto de um dos grandes artistas plásticos e incentivadores da pintura no país, Jaime Trindade, de Embu das Artes, nos fazer um convite para participar do seu programa de entrevistas no Youtube”, contou Paulo. 

A exposição também foi destaque em portais de notícias e em uma grande emissora de TV, e também entrou na rota turística de São Pedro da Aldeia, recebendo a visita de agentes de viagens. Além de turistas e moradores, a mostra teve a presença de personalidades artísticas do município e região, entre eles o artista Reinaldo Caó. 

Os interessados em contatar Paulo Jorge ou aprender um pouco mais sobre as técnicas de pintura a óleo e em tinta acrílica, podem acessar o site do artista, em www.paulojorge.art.br. No espaço virtual, Paulo publica diversos artigos, tutoriais de pintura para iniciantes e imagens de suas obras e de Rose. O tour virtual pelos quadros da exposição e a entrevista completa com os artistas podem ser conferidos na página da Secretaria de Cultura, no Facebook, em www.facebook.com/culturapmspa.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: