fbpx

EUA: Mercado imobiliário está tão aquecido que casa queimada custa US$ 399 mil

O mercado imobiliário nos Estados Unidos recentemente ficou menos quente. Mas ainda é um ótimo momento para gastar um dinheiro alto em uma casa, mesmo uma que precise de um pouco de reforma. Ou aquilo que restou de uma casa incendiada.

Esse é o caso de uma casa fora de Boston, nos Estados Unidos, que estava literalmente em chamas há apenas um mês. A casa queimada de três quartos e um banheiro e meio em Melrose, Massachusetts, foi anunciada na semana passada por US$ 399.000 e já está sob contrato, de acordo com sua listagem no Zillow.

“A casa precisa de uma renovação completa ou potencial demolição e reconstrução”, diz a lista de imóveis do Marrocco Group com a Coldwell Banker Realty. “Grande potencial para construir uma casa nova e adorável na desejável Melrose, uma cidade onde o valor das propriedades continua a aumentar”, detalha o anúncio.

Os agentes do Marrocco Group não estavam imediatamente disponíveis para comentar o anúncio.

Na verdade, o preço do anúncio está bem abaixo do valor estimado da casa no início do verão (no hemisfério Norte) – antes de pegar fogo. Em junho, a casa foi avaliada em US$ 640.700, de acordo com uma estimativa de preço da casa na Zillow.

E o preço está abaixo do preço de uma casa típica em Massachusetts no momento. O preço médio de uma casa unifamiliar em Massachusetts era de US$ 552.000 em agosto, um aumento de 12% em relação ao ano anterior, de acordo com a Associação de Corretores de Imóveis de Massachusetts.

O problema é que não é habitável agora.

Durante o incêndio no final de agosto, os bombeiros tiveram que arrancar paredes e tetos da casa para parar o incêndio, de acordo com o Boston Globe.

O baixo estoque e a forte demanda fizeram com que os preços disparassem este ano e levaram compradores desesperados a competir até pelas casas mais indesejáveis.

Neste verão, uma corretora anunciou uma casa de cinco quartos em Colorado Springs (no estado do Colorado) por US$ 590.000, que ela chamou de “um pequeno pedaço do inferno”. A casa foi destruída por um ex-inquilino com quase todas as superfícies pintadas com spray.

Comida podre e animais mortos davam à casa um cheiro que ela dizia que você podia “sentir na pele”. Foi vendida por US$ 580.000 em julho, de acordo com registros públicos no Redfin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: