fbpx

Estado do Rio distribui mais de meio milhão de doses da vacina

O Estado do Rio distribui, neste sábado, 586.140 doses da vacina contra a covid-19 aos 92 municípios fluminenses. São 283.140 doses da Pfizer para primeira aplicação; 69.000 doses da Oxford/Astrazeneca para segunda aplicação; e 234.000 doses da CoronaVac para as duas aplicações do esquema vacinal.

Os municípios do Rio de Janeiro, Niterói, São Gonçalo, Maricá e Itaboraí retiram os seus lotes a partir das 8h, na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA) da SES, em Niterói. As regiões Metropolitana I e II, Médio Paraíba, Serrana e Centro Sul receberão as vacinas por vans e caminhões, com escolta da Polícia Militar. E para as regiões Noroeste, Norte, Baixada Litorânea e Costa Verde, a distribuição começou a ser feita às 8h por quatro aeronaves, sendo uma do Governo do Estado, uma da Polícia Militar, uma do Corpo de Bombeiros e outra da SES.

“Com mais esta remessa, a SES ultrapassa a marca de 15 milhões de doses distribuídas aos municípios. Estamos avançando na campanha de imunização e o resultado disso é que os dados epidemiológicos estão caindo. Nesta semana, registramos o menor número de internações por Covid desde abril”, afirma o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

“A Subsecretaria de Vigilância e Atenção Primária à Saúde (SVAPS) vem reforçando rotineiramente com as secretarias municipais de Saúde a importância de os responsáveis técnicos e gestores municipais organizarem suas ações de vacinação, respeitando a destinação das doses para a primeira ou segunda aplicação do esquema vacinal. Essa destinação é sinalizada por meio de Informe Técnico enviado pelo Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde, aos estados. A SVAPS ressalta que a distribuição do imunizante é feita de forma proporcional e igualitária a todos os municípios”, esclareceu a assessoria de imprensa da pasta.

Na capital, vacinação para pessoas com 32 anos segunda-feira e uma idade por dia

Os postos de vacinação da cidade do Rio recebem neste sábado pessoas com 33 anos ou mais para a imunização contra a covid-19. Será o último dia de repescagem para quem tem mais de 33 anos e ainda não se vacinou com a primeira dose. A partir da próxima segunda-feira (2), o Rio começa a vacinar uma idade por dia, e a próxima repescagem será apenas na metade do mês de agosto, com data a ser confirmada.

A partir de segunda, cada dia será destinado a uma idade, começando por pessoas de 32 anos. A expectativa é que a população com mais de 18 anos seja toda vacina com primeira dose até o dia 18 de agosto. Depois, os meses de setembro e outubro serão estratégicos para a Secretaria Municipal de Saúde arredondar o projeto de vacinação da população: resgatar quem está em atraso com a vacina e reforçar a dose em idosos.

Vacinação em massa na Maré termina neste domingo

No Complexo da Maré, o projeto de vacinação em massa, que começou na quinta-feira, pretende imunizar 30 mil moradores até este domingo. Neste fim de semana, moradores de todas as idades podem ir às clínicas da família e a demais pontos de vacinação da comunidade. A iniciativa faz parte de um estudo que tem como objetivo verificar como a pandemia reage em uma população com a maioria imunizada. O projeto também foi realizado no mês de junho na Ilha de Paquetá. A segunda dose dos moradores de Paquetá está marcada para agosto.

Confira o calendário de vacinação em massa na Maré por idade:
31/07 – vacinação para todas as idades
01/08 – vacinação para todas as idades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: