21 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Entidades assistenciais de Campos recebem alimentos do Programa de Aquisição de Alimentos

Dezenas de entidades assistenciais de Campos receberam, nessa quarta-feira (28), os alimentos por meio do Programa Aquisição de Alimentos (PAA) do governo federal. A entrega foi realizada pelas equipes da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca, com benefício a cerca de 1.500 famílias. Ao todo, foram entregues 10 toneladas de alimentos. Os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e os Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS), ligados à Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social, irão receber os alimentos in natura e perecíveis daqui a 14 dias, a serem destinados a 2 mil famílias.
As Instituições que receberam os alimentos nessa quarta foram: Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Campos (Apae); Associação Irmãos da Solidariedade; Asilo Nossa Senhora do Carmo; Associação Monsenhor Severino; Centro de Assistência Social e Terapêutico Diva Marina Goulart (Apoe); Dispensário São Vicente de Paulo; Patronato São José; Lar Fabiano de Cristo/Casa Francisco Lamego, Associação Esportiva Meninos de Ouro, Associação Evangélica Beneficente Luz e Vida e Orquestrando a Vida.
O presidente da Orquestrando a Vida, Jonny William, falou sobre o benefício. “A Orquestrando a Vida trabalha a música, que trabalha a alma. Agora também estamos trabalhando no combate à fome, com a destinação desses produtos para cerca de 20 famílias carentes identificadas pelo nosso Departamento de Assistência Social, para que possam ter alimentos em casa, e isso é uma alegria enorme para todos nós, em ajudar essas famílias”, comentou Jonny.
“O PAA foi criado em 2003 e atende exclusivamente os mais necessitados, e tem uma composição muito importante para a geração de emprego e renda, pois se compra o alimento direto com o produtor de agricultura familiar, cadastra a instituições de caridade e fazemos essa doação direta. No nosso planejamento, estaremos fazendo a entrega em torno de 10 a 30 toneladas de alimentos por mês para as instituições, CRAS e CREAS. São alimentos balanceados pelos nutricionistas e comprados pela Prefeitura para que possamos atender famílias que realmente necessitam”, comentou o secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Almy Júnior.
O secretário explica que, normalmente, as pessoas têm o costume de fazer doações de alimentos não perecíveis, como arroz, feijão, dentre outros. “Com o PAA, fazemos doação de alimentos in natura para compor a dieta alimentar das famílias vulneráveis. E a ideia é a gente ampliar cada vez mais o programa para que mais pessoas carentes sejam atendidas”, comentou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *