Ensino Híbrido Seguro segue avançando na rede municipal de ensino de Campos

O ensino híbrido já é realidade em dez unidades da rede municipal de ensino. Mais três unidades aderiram ao novo modelo de ensino, na última segunda-feira (28), em cumprimento ao planejamento da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct): Escola Municipal Prisco de Almeida, Calabouço; Creche Escola Parque Imperial e Creche Escola Penha. Representado o secretário da pasta, professor Marcelo Feres, a coordenadora do Programa Saúde na Escola (PSE), Catia Mello, acompanhou as atividades presenciais nas três unidades.“Durante este mês de julho, serão selecionadas mais 20 unidades escolares para o ensino híbrido, com a expectativa de início para agosto, visto que o recesso escolar acontecerá entre os dias 12 e 23 de julho. Estamos preparando nossas unidades para seguirmos avançando com o Plano Municipal de Ensino Híbrido, que vem recebendo grande apoio dos profissionais da Educação, pais e responsáveis”, afirmou o secretário.Catia falou sobre a nova modalidade. “Participar de todo o processo desde o início não foi tarefa das mais fáceis. A data de hoje representa uma satisfação enorme em presenciar unidades escolares desta primeira fase adequadas ao retorno para o ensino híbrido seguro. É muito gratificante poder contar com os gestores destas unidades que diuturnamente trabalharam de forma árdua para que este projeto se tornasse possível. Que estas dez unidades sejam motivo de inspiração para as demais”, comentou.A diretora da Creche da Penha, Rosi Santos, afirmou que a adaptação foi perfeita e que três crianças compareceram no primeiro dia em duas turmas, apesar de dez responsáveis terem assinado a autorização. “Para esta terça-feira (29), tivemos mais dez inscritos e, hoje, mais duas mães nos procuraram para também aderirem ao ensino híbrido. Foi com muita emoção que, depois de tanto tempo, abrimos as portas, mesmo que de forma híbrida, para receber os alunos. As crianças estão retornando pouco a pouco, mas, temos certeza de que, logo, a maioria estará de volta, se não todos. Está sendo muito gratificante essa volta. É como se estivéssemos retornando à vida também aos poucos”, disse.Gestora da EM Prisco de Almeida, Jailza Nunes, comentou que esse dia foi muito esperado, depois de 15 meses de afastamento parcial das atividades. “Ao abrirmos o portão e nos posicionarmos devidamente, conforme o protocolo a ser seguido, juntamente com seis pequenos alunos acompanhados pelos seus responsáveis, entrava, também, uma mistura de sentimentos de ambas as partes (alunos, pais e escola): a ansiedade, a esperança, a saudade, a emoção, a alegria, a confiança e a certeza de que, o nosso tempo não acabou, apenas parou para que pudéssemos nos reinventar para uma nova vida. Nosso primeiro dia foi com tranquilidade, com comportamento surpreendente por parte dos pequenos. Os professores, com sua dedicação, amor e total competência, logo foram ocupando seus lugares e desempenhando seu papel, como sabem fazer muito bem. Juntos podemos muito mais”, disse.A diretora da Creche do Parque Imperial, Dosmã Abreu, também falou do primeiro dia de ensino híbrido. “Foi marcado por uma mistura de sentimentos como esperança, coragem, amor, dedicação e cuidado, pois após mais de um ano longe das salas de aula, a comunidade escolar se permitiu experimentar novamente a sensação de lecionar mesmo diante do impacto que a pandemia nos trouxe. Nossa manhã foi prazerosa, conduzida de forma harmoniosa por toda equipe interdisciplinar, onde buscamos mostrar aos nossos alunos a “nova escola” e como convivermos com o novo normal. Tudo isso tem exigido de nós muita disciplina, desde a preparação até hoje a expectativa da chegada dos alunos. Apesar da pouca adesão ao retorno, os educandos demonstraram estar conscientes com a nova realidade, contribuindo a todo instante com os protocolos de segurança. Os professores, auxiliares e equipe de apoio, mesmo que receosos, estavam dedicados e comprometidos em fazer o melhor, conduzindo a rotina com qualidade no ensino e assim contribuindo com a educação, visando sempre o melhor para as crianças do nosso município”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: