Em São Gonçalo, Dimas Gadelha (PT) vence por 61% contra 39% de Capitão Nelson, em votos válidos, aponta pesquisa

A pesquisa de intenção de votos realizada pelo Instituto Inteligence Serviços, entre os dias 23 e 24 de novembro, revela que o médico sanitarista Dimas Gadelha (PT) seria eleito prefeito de São Gonçalo com 61% dos votos válidos, contra 39% de seu adversário, Capitão Nelson (Avante). Pela pesquisa, 18% dos gonçalenses pretendem votar nulo ou em branco no segundo turno, enquanto 12% não responderam ou não souberam responder.  Conforme a legislação eleitoral, o percentual de votos válidos de cada candidato corresponde à proporção de votos do candidato sobre o total de votos, excluídos os brancos, nulos e os indecisos. Um candidato é eleito se obtiver 50% mais um dos votos válidos na apuração oficial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O levantamento de intenção de votos realizada pelo Instituto Inteligence ouviu 600 eleitores, em todos os distritos de São Gonçalo, e divulgada inicialmente pelo jornal O DIA. A pesquisa  foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral, com o número RJ-05103/2020. Em votos absolutos, Dimas Gadelha aparece com 43% das intenções de votos, contra 27% do Capitão Nelson, uma diferença de 16%. A margem de erro da pesquisa é de 4% para mais ou menos.

Uma das perguntas feitas aos eleitores gonçalenses pelos entrevistadores do Inteligence foi: Sabendo que no próximo domingo, dia 29/11, teremos eleições para o segundo turno para prefeito de sua cidade, em quem o sr (a) votaria com certeza?, sendo apresentado o questionário com os nomes dos dois candidatos. 

No primeiro turno, disputado no último dia 15 de novembro, Dimas Gadelha já havia vencido com 31,36% dos votos, contra 22,82% dados ao Capitão Nelson, e 22,62% a Dejorge Patricio (Republicanos). 

Dimas tem apoio de Rodrigo Neves (PDT) e Fabiano Horta (PT)

A campanha de Dimas que concorre ao cargo pela primeira vez, segue com apoios dos prefeitos de Niterói, Rodrigo Neves (PDT) que está no segundo mandato e elegeu seu sucessor Axel Grael, outro aliado de Dimas Gadelha e de Maricá, Fabiano Horta (PT) que foi reeleito com quase 90% dos votos válidos. Além do apoio do ex-prefeito de Maricá, Washigton Quaquá.

“É com entusiasmo que vejo esse resultado da primeira pesquisa eleitoral deste segundo turno. Tenho certeza que esse é o voto da esperança, da mudança e da vontade de ver nossa cidade melhor, assim como temos os exemplos de Niterói e Maricá que conquistam a cada dia mais qualidade de vida para seus moradores e são os nossos parceiros para implantação de políticas públicas em comum”, afirmou o candidato do PT.

 

Capitão Nelson conta com apoios de dois dos concorrentes no primeiro turno, Ricardo Pericar e Roberto Sales

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: