Em Paquetá, Queiroga diz que adultos serão imunizados até o fim do ano

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou neste domingo (20), em Paquetá, no Rio de Janeiro, que “se compromete a vacinar toda a população brasileira acima de 18 anos até o final do ano”, com as duas doses necessárias contra a Covid-19. “Esse é o nosso passaporte para a nossa liberdade, para uma vida nova”, disse.

Ocorre neste domingo o projeto de vacinação em massa em Paquetá, no Rio de Janeiro. O experimento científico visa avaliar os efeitos da imunização em larga escala e identificar em quanto tempo a população não terá que seguir medidas restritivas. Queiroga vacinou moradores do local.

Para Queiroga, “a principal ferramenta para lutar contra a Covid-19 é o Sistema Único de Saúde (SUS) e a eficiência do SUS é a certeza de que o Brasil vencerá seu único inimigo, que é o vírus”.

Na tarde de sábado (19), o Brasil alcançou a marca de meio milhão de mortos pela doença, atrás apenas dos Estados Unidos, que registram 601.574 mortes, segundo dados da Universidade Johns Hopkins.

Em relação a aplicação das vacinas, o Brasil continua a ser o 67º no ranking global de aplicação de doses da vacina, na relação a cada 100 habitantes. O país, que iniciou a vacinação há cinco meses, já esteve na 56ª posição desse ranking e, na última semana, estava em 68º. No sábado, o Brasil registrava 86.174.060 de doses aplicadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: