fbpx

Em meio à pandemia, roda-gigante do Rio faz um ano com apenas 35% do público previsto

Uma das novidades da cidade em 2019, a roda-gigante Rio Star, com seus 88 metros de altura na Zona Portuária, completou um ano neste domingo, dia 6. Devido à pandemia, o período de estreia na paisagem carioca teve algumas voltas a menos que o esperado: com engrenagens paradas por cinco meses, a atração recebeu um público 65% abaixo do estimado para quando comemorasse seu primeiro aniversário.

Os meses iniciais tinham sido animadores. Entre 6 de dezembro e 15 de março, a Rio Star vendeu 200 mil ingressos. A popularidade da roda-gigante crescia quando tudo parou. Para voltar a girar, o atrativo foi adaptado, com capacidade menor nas cabines. Ao reabrir, entre 15 de agosto e 30 de novembro, recebeu cerca de 120 mil pessoas. A conta final não chega perto do número de visitantes aguardado, que era de um milhão em um ano. A expectativa agora é fechar 2020 com, ao menos, 35% desse total.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: