Em carta a Bolsonaro, Biden defende parceria ambiental e contra covid-19

Former Vice President of the United States Joe Biden speaking with attendees at the Presidential Gun Sense Forum hosted by Everytown for Gun Safety and Moms Demand Action at the Iowa Events Center in Des Moines, Iowa. [fotografo]Gage skidmore via Flickr[/fotografo]

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, enviou uma carta em agradecimento ao presidente Jair Bolsonaro pelos cumprimentos por sua eleição. Bolsonaro foi o último líder de país democrático a reconhecer a vitória de Biden. Segundo nota divulgada nesta manhã (18) pelo Palácio do Planlato, o presidente dos Estados Unidos disse que “não há limites” para o que os dois países podem conquistar juntos e defendeu estreitamento da parceria no enfrentamento da pandemia de covid-19 e dos problemas ambientais. A questão do meio ambiente é um dos principais pontos de divergência entre os governos brasileiro e americano.

Em setembro, Bolsonaro disse que tinha “malandro” querendo interferir na Amazônia ao rebater críticas do então candidato democrata à Casa Branca à política ambiental brasileira. “Lamentável, Sr. Joe Biden, sob todos os aspectos, lamentável”, escreveu o brasileiro em nota publicada em português e inglês.

Segundo o Planalto, em sua carta, Biden defendeu a união entre os dois países na COP26 e na Cúpula sobre o Clima. Em dezembro o Brasil ficou fora da reunião preparatória para COP26, que será realizada em abril no Reino Unido. Ele também destacou a importância da parceria bilateral nos negócios entre as duas nações.

Veja a nota do Planalto sobre a carta de Biden a Bolsonaro:

Nota

Em atenção à mensagem de cumprimentos recebida por ocasião de sua cerimônia de posse como 46º Presidente dos Estados Unidos da América, o Presidente Joe Biden dirigiu carta de agradecimento ao presidente Jair Bolsonaro, datada de 26 de fevereiro último.

Ao referir-se às diversas vezes em que esteve no Brasil como vice-presidente, o presidente Biden sublinhou que não há limites para o que o Brasil e os EUA podem conquistar juntos. Destacou que as duas nações compartilham trajetória de luta pela independência, defesa de liberdades democráticas e religiosas, repúdio à escravidão e acolhimento da composição diversa de suas sociedades.https://d79389abd181426dbab478739ad106ff.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Após enfatizar a responsabilidade comum dos dois líderes em tornar o Brasil e os EUA mais seguros, saudáveis, prósperos e sustentáveis para as gerações futuras, o Presidente Biden saudou a oportunidade para que ambos os países unam esforços, tanto em nível bilateral quanto em fóruns multilaterais, no enfrentamento aos desafios da pandemia e do meio ambiente, em alusão ao caminho para a COP26 e para a Cúpula sobre o Clima, esta última a ser sediada pelos EUA em 22 de abril próximo.

Ao final, o presidente Biden salientou que seu governo está pronto para trabalhar em estreita colaboração com o Governo brasileiro neste novo capítulo da relação bilateral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: