fbpx

Educação de Quissamã recebe investimento do Governo do Estado

A prefeita Fátima Pacheco e a secretária municipal de Educação, Helena Lima da Costa, representaram Quissamã no Encontro Estadual de Gestores Municipais, nesta quarta-feira (10), no Rio de Janeiro. Promovido pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), o evento reuniu diversos representantes do setor com o objetivo de garantir a troca de experiências entre os 92 municípios do estado. O principal tema debatido foi o trabalho do profissional da Educação em meio à pandemia da Covid-19.

Um dos palestrantes foi o secretário de Estado de Educação, Comte Bittencourt, que apresentou o Programa Rio+Alfabetizado. Na última semana, a prefeita Fátima Pacheco se reuniu com o secretário, quando foi definido que Quissamã vai receber um recurso maior por ter ficado entre os melhores municípios do estado na nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em 2020. O investimento do Governo do Estado será de cerca de R$ 1 milhão.

“Tratamos a Educação como uma das prioridades em nosso município. Isso é visto nos resultados dos últimos anos, quando Quissamã alcançou a maior média do município no Ideb, com a nota de 6,1 em 2020. Com um ensino qualificado, também conseguimos atrair mais investimentos, como esse reforço nos recursos repassados pelo Governo do Estado. Continuaremos trabalhando para garantir a valorização de profissionais e alunos em nossa rede de ensino”, disse a prefeita Fátima Pacheco.

Debate sobre o atual momento da Educação

O Encontro Estadual de Gestores Municipais debateu principalmente os novos modelos de ensino no período da pandemia da Covid-19. O “Desafios da Educação Brasileira no contexto da pandemia e pós-pandemia” e “Impacto da pandemia Covid-19 na qualidade de ensino e nas avaliações do MEC, a partir dos dados sobre a aprovação e desempenho escolar” foram alguns dos temas discutidos no evento.

Em Quissamã, o ano letivo de 2021 começou na última segunda-feira, ainda em formato de ensino remoto. Os pais e responsáveis estão retirando os módulos educacionais e também mantendo contato constante com professores e diretores das escolas e creches. Atualmente, Quissamã tem mais de 4 mil alunos em sua rede de ensino.

“O trabalho em conjunto entre profissionais da Educação e os pais deve permanecer em 2021 para garantir um ensino de qualidade para os alunos. Desde o ano passado, passamos por um período desafiador, mas que vamos conseguir avançar com muita dedicação. Esses eventos em que há uma troca de experiência entre profissionais é muito importante, pois também temos que planejar como será a retomada das aulas presenciais e pós-pandemia”, avalia Helena Lima da Costa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: