Duque de Caxias vacina pessoas em situação de rua contra a covid-19

A Prefeitura Municipal de Duque de Caxias, através da Secretaria Municipal de Saúde, realizou nos dias 08 e 10/06, vacinação contra a Covid-19 para a População em Situação de Rua do município. A vacinação, promovida pela equipe do Consultório na Rua, pretende alcançar toda a população cadastrada no município. A expectativa é de que novas ações de vacinação para este grupo sejam realizadas, até que todos possam ser contemplados.

Nos dois dias de ações, a equipe do Consultório na Rua (CnaR) visitou pontos estratégicos nos quatro distritos do município e contou com a parceria do Centro Pop (Centro de Referência Especializado para a população em Situação de Rua), levando a vacina para esse grupo que é considerado prioritário pelo PNI (Programa Nacional de Imunização) por se encontrar em situação de extrema vulnerabilidade.
“Esse não é um público que você espera que venha à Unidade Básica de Saúde para ser vacinado, por isso vamos até ele, através da busca ativa da equipe do Consultório de Rua”, disse o psicólogo da equipe, Hélio Ferreira. A Secretaria Municipal de Saúde afirma que manterá o serviço de busca ativa para garantir a segunda dose para toda a população em Situação de Rua vacinada no município.

Segundo a equipe do Consultório na Rua de Duque de Caxias, o município tem hoje 1.025 pacientes cadastrados em seu programa, porém apenas 320 são usuários ativos. Destes, 72% são do sexo masculino e 28% do sexo feminino, sendo a maioria adulto e negro, entre 25 e 40 anos. O trabalho consiste em acolhimento, estabelecimento de vínculos de confiança, promoção de autonomia, respeito aos desejos dos usuários e responsabilização do usuário com a própria saúde.

Iniciado no município de Duque de Caxias em janeiro de 2012, o Consultório na Rua é um programa ministerial composto por equipe multiprofissional (equipe de modalidade II, formada por uma enfermeira, um psicólogo, uma assistente social e dois redutores de danos), com o objetivo de ampliar o acesso e a atenção integral à saúde à população em Situação de Rua. Atua no Centro, considerado como ponto crítico, e de forma itinerante em várias localidades do município, promovendo um trabalho intersetorial, com a rede de saúde e as demais políticas públicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: