fbpx

Duque de Caxias dá boas vindas ao primeiro bebê nascido na nova maternidade municipal

Na manhã deste último sábado, 20/06, Duque de Caxias recebeu a sua mais nova filha, nascida na nova Maternidade de Santa Cruz da Serra. A primeira bebê da maternidade municipal nasceu por parto cesária, às 8h54min, e recebeu o nome de Rebeca. A mãe, Graciele da Penha Almeida da Silva, é moradora do bairro Capivari, em Duque de Caxias, e estava radiante com a chegada da pequena Rebeca.

O parto foi realizado pela equipe médica da unidade sob o comando do Secretário Municipal de Saúde, Dr José Carlos de Oliveira, médico obstetra com anos de serviços prestados à profissão. Graciele foi acompanhada em seu pré Natal pela equipe médica do CRAESM-Centro de Referência e Atenção Especializada à Saúde da Mulher, unidade da rede municipal de saúde, localizada em Xerém, no quarto distrito.

A Maternidade de Santa Cruz da Serra, inaugurada no último dia 13, funciona em serviço de 24 horas, atendendo mulheres com gravidez de baixo e alto risco, com equipamentos modernos e profissionais da área de saúde especializados no atendimento às gestantes.

Neste sábado, a equipe médica da maternidade realizou ainda o primeiro parto humanizado na nova unidade. Às 12h29m nascia Helena, filha de Priscilla Moreira e Jonathan da Silva Gaspar, moradores do bairro Gramacho, no primeiro distrito do município. O pré natal da mamãe Priscilla também foi realizado em unidade da rede municipal, sendo acompanhada pela equipe médica da Policlinica Duque de Caxias.

A nova maternidade tem um diferencial que é o atendimento totalmente humanizado, o que garante que as mães e os bebês não sejam separados em nenhum momento. As gestantes podem contar com um Centro de Parto Normal (CPN) com oito PPPs (unidades de Pré Parto e Puerpério), que são quartos individuais e com privacidade, e também com uma unidade transfusional, lactário, farmácia, ginecologia, fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia, serviço social e um laboratório de análises clínicas. No acolhimento, as mães contam com cardiotocografia e classificação de risco.

A Maternidade possui centro cirúrgico, ambientes de recuperação pós anestésica (RPA), UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) materna e neonatal. São 20 leitos de neonatal e 10 de UTI materna. Há, ainda, 12 enfermarias com seis leitos cada, uma enfermaria com cinco leitos, e mais três de isolamento, totalizando 80 leitos. Todos os espaços contam com climatização e área para acompanhantes.

O prédio da nova unidade é ecologicamente sustentável. Na parte superior, placas solares garantem a produção de energia limpa que ajudam o meio ambiente e reduzem os gastos com o fornecimento de energia elétrica. A construção está orçada em mais de R$ 11 milhões. O projeto teve o apoio de órgãos estaduais, federais e de parlamentares, que destinaram recursos para a obra.

Mais leitos para covid-19

Com a transferência do setor de atendimento maternal do Hospital Municipal Dr Moacyr Rodrigues do Carmo para a Maternidade de Santa Cruz da Serra, a Secretaria Municipal de Saúde vai usar os leitos desocupados do HMMRC para a instalação de leitos exclusivos para tratamento de casos de covid-19 no município. Na antiga maternidade do Moacyr do Carmo, o município realizava uma média de 450 partos por mês, atendendo pacientes de toda a Região Metropolitana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: