fbpx

Domingão da Saúde em Barra do Furado, Quissamã

“Domingão da Saúde”. Essa foi a ação programada pela Saúde de Quissamã, neste domingo (14), na Unidade de Saúde da Família – USF, de Barra do Furado, com o objetivo de desconstruir barreiras para incentivar o homem a cuidar do corpo, da mente e manter os exames em dia. A ação fez parte da programação da campanha Novembro Azul, cujo objetivo é inserir o debate sobre a saúde da população masculina, a fim de fazer com que os cuidados sejam rotineiros.

O secretário de Saúde, Nilton Pinto, acompanhou de perto as atividades. Nilton lembrou que o preconceito do público masculino ainda é grande, em relação aos cuidados com a saúde, especialmente em relação a exames como o de toque, que visa identificar alterações na próstata e a possibilidade de câncer.

– O preconceito ainda é o grande vilão dos homens no combate ao câncer de próstata. Quem resiste ao exame preventivo, reduz as chances de diagnóstico precoce e, consequentemente, prejudica o processo de cura. Quanto mais cedo a doença for descoberta, maiores são as possibilidades de vencê-la. A população masculina precisa ter um olhar mais atento para essas questões, afinal, “cuidar da saúde, também é coisa de homem”.

A ação, totalmente voltada para a população masculina, contou com consulta médica, atendimento realizado pela equipe de enfermagem, aferição de pressão arterial, teste de glicemia capilar, eletrocardiograma, vacina da influenza, teste rápido de HIV e sífilis. Ainda houve rodas de conversa, cujos temas foram: diabetes, câncer de próstata e doenças sexualmente transmissíveis. Os técnicos de enfermagem agentes comunitários de saúde, também participaram do evento.

Wellika dos Santos Manhães, gerente da unidade, explicou o motivo da ação acontecer durante um domingo:

– Realizamos uma ação para os homens, num domingo, pois sabemos da dificuldade deles virem ao posto durante a semana em função dos seus compromissos de trabalho. Fiquei muito surpresa com adesão em massa e feliz com o resultado que alcançamos.

Ações como o Novembro Azul são fundamentais para derrubar tabus e preconceitos, barreiras para que um contingente considerável da população masculina cuide adequadamente da saúde. O câncer, hoje, não é mais uma sentença de morte. A doença pode ser tratada e curada, especialmente se diagnosticada precocemente, graças aos avanços da medicina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: