Dia Mundial do Meio Ambiente com reflexão em São Gonçalo

Data foi celebrada com missa na APA Estâncias de Pendotiba , em Maria Paula

No Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado neste sábado (5), a necessidade de avançar em preservação e desenvolvimento sustentável para as gerações futuras deu o tom da celebração pela data em São Gonçalo, com a realização de uma missa ao ar livre na Área de Proteção Ambiental Estâncias de Pendotiba, em Maria Paula.

O prefeito Capitão Nelson destacou o trabalho executado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente em São Gonçalo e os desafios enfrentados pela pasta para garantir avanços em políticas na área ambiental. Destacou também a responsabilidade da população na preservação.

“Se cada um de nós fizer um pouco, conseguiremos mudar o município, o estado, o país e o mundo, para que as nossas próximas gerações tenham melhores condições de vida. Infelizmente nem todos pensam dessa forma”, disse o prefeito.

O dia começou com a realização de uma missa em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrada pelo padre Josiel Azevedo, da Sociedade do Apostolado Católico (SAC). A celebração ocorreu ao ar livre, obedecendo aos protocolos de segurança contra o contágio da Covid-19, com distribuição de máscaras aos visitantes e totem de álcool em gel, além do distanciamento entre as cadeiras para os fiéis que acompanharam a missa.

Em sua mensagem, o padre alertou para as negligências cometidas em relação ao cuidado com o meio ambiente, nosso lar comum enquanto humanidade.

“Não cuidar do meio ambiente é não cuidar de si mesmo. Que possamos pedir perdão por essas faltas contra essa casa comum, porque quando destruímos um pedaço deste mundo, estamos destruindo a nós. Estamos desconsiderando o inestimável valor da vida. Da vida humana, da vida desse planeta. Que possamos pedir a Cristo que tenha misericórdia, perdoe nossos pecados e desperte a nossa consciência para o cuidado”, disse o padre.

O padre também fez referência à carta encíclica ‘Laudato Si’, do Papa Francisco, que traz alertas e reflexões sobre as necessidades de mudanças para preservação do meio ambiente e das agressões provocadas à Terra pelo homem .

O secretário de Meio Ambiente, Carlos Afonso, falou da importância de cada um, enquanto integrante de uma sociedade, assumir seu papel na preservação do meio ambiente em São Gonçalo.

“Que possamos nessa caminhada estarmos sempre sendo contemplados por essa maravilha que é o Meio Ambiente. Que daqui para frente, cada um de nós seja um protetor do meio ambiente, especialmente pelas próximas gerações. Dependemos de cada um para deixar esse legado tão importante para o futuro”, disse o secretário.

O subsecretário de Meio Ambiente, Gláucio Brandão, falou sobre os desafios na área ambiental de São Gonçalo.

“Sabemos que é uma cidade com mais de um milhão de habitantes, 97 bairros, 249 quilômetros quadrados e poucas áreas verdes de pé. Então, é nossa obrigação proteger essas áreas, criar novos espaços e requalificar o uso deles. Pensando nisso, criamos esse espaço que está sendo consolidado no governo do Capitão Nelson”, destacou.

O subsecretário falou ainda dos avanços recentes nas políticas de meio ambiente, como o início das obras na próxima semana, no dia 11, da Área de Soltura de Animais Silvestres, que será instalada na APA Estâncias de Pendotiba, tratando animais capturados em situação de maus tratos ou debilitados, que serão cuidados na APA e reinseridos na natureza. Será a primeira área de soltura de animais silvestres pública, legalizada junto ao Governo do Estado do Rio de Janeiro.

Logo após o fim da missa, foi feito um minuto de silêncio em memória às vítimas da pandemia de coronavírus. O silêncio foi quebrado com o som das gaitas de fole do grupo Brazilian Pipers, que homenageou os mortos em decorrência de complicações da covid-19.

Também durante a manhã, a prefeitura de São Gonçalo recebeu, através de um termo de compensação ambiental, uma pick-up que será utilizada para auxiliar no monitoramento e no patrulhamento das dependências da Apa Estâncias de Pendotiba e também no transporte de funcionários responsáveis pela manutenção e limpeza da área de preservação. O veículo foi entregue pela C.A.C Engenharia de acordo com o Termo de Compromisso de Compensação Ambiental Nº 010/2018.As chaves e o veículo receberam a bênção dada pelo Padre Josiel Azevedo.

“Esse veículo vai ser de grande importância para auxiliar na realização dos trabalhos da APA, tendo em vista o grande perímetro em que trabalhamos. Vai facilitar a locomoção e deslocamento da equipe, porque antes não tínhamos um veículo e isso dificultava o trabalho. Com certeza o trabalho vai ser otimizado, com um carro para transporte de equipamentos e funcionários”, destacou Raquel Parisi, da administração da APA.

A APA também recebeu neste sábado a Feira Sustentável do Grupo Feminino das Estâncias de Pendotiba, que levou uma grande variedade de produtos aos visitantes, como artesanatos, produtos naturais, cosméticos, roupas e alimentos.

Ainda sofrendo com os impactos nas vendas provocados pela pandemia, os vendedores estão otimistas com uma mudança de cenário e crescimento.

“ Logo no início da pandemia as pessoas estavam com muito medo. Agora os clientes param, observam os produtos. Esse evento tinha que ser fixo , pois tem muitos produtores que dependem exclusivamente das suas vendas para se manter” , disse a vendedora de cosméticos Michele Clement.

Além do prefeito Capitão Nelson, acompanharam a celebração, o vice-prefeito Sérgio Gevú, o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Carlos Afonso, o secretário de Gestão Integrada e Projetos Especiais, Douglas Ruas, o chefe de Gabinete Eugênio Abreu, o secretário de Transportes , Fábio Lemos , o subsecretário do Meio Ambiente, Gláucio Brandão e o vereador Jalmir Júnior (PRTB), líder de governo na Câmara dos Vereadores e presidente da Comissão Permanente de Defesa do Meio Ambiente da Câmara de Vereadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: