Dia de Conscientização da Violência Contra o Idoso é lembrado em Saquarema

Prefeitura de Saquarema, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e da Praça do Bem Estar, realiza nesta terça-feira, 15, ações de educativas sobre o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa. O dia faz parte da campanha Junho Violeta, criada no Brasil para promover maior reflexão para que a sociedade possa vencer este grande mal que vem assolando os idosos.

Com o início da pandemia e o isolamento social, principalmente das pessoas com mais idade, houve um aumento expressivo do número de denúncias de maus tratos e agressões a idosos. O Junho Violeta busca despertar a sociedade como um todo no processo de sensibilização para coibir, diminuir e amenizar o sofrimento da pessoa idosa contra a violência que essa população vem sofrendo, em especial neste período.

Em Saquarema, a rede de proteção aos idosos está sob responsabilidade da Secretaria Municipal de Assistência Social. O órgão possui o CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), que é uma unidade pública da política de Assistência Social onde são atendidas famílias e pessoas que estão em situação de risco social ou tiveram seus direitos violados.

A unidade oferta o Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (PAEFI), podendo ofertar outros serviços, como Abordagem Social e Serviço para Pessoas com Deficiência, Idosas e suas famílias. Além de orientar e encaminhar os cidadãos para os serviços da assistência social ou demais serviços públicos existentes no município, no CREAS também se oferece informações, orientação jurídica, apoio à família, apoio no acesso à documentação pessoal.

“Além do CREAS, temos a Praça do Bem Estar e o Centro de Convivência, que oferecem diversos serviços e ações para o público da terceira idade. Estamos trabalhando para ampliar o número de idosos atendidos nestas unidades, bem como para oferecer mais ferramentas para aqueles que, por algum acaso, estão sofrendo algum tipo de violência”, afirmou a Secretária de Desenvolvimento Social, Daniele Vignoli.

Para denúncias de violência contra a pessoa idosa, o cidadão pode ligar para o Disque 100 (Direitos Humanos), Polícia Militar (190) ou o CREAS (22) 99802-4136.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: